O gol de Phil Foden no primeiro tempo foi suficiente para dar ao City uma vitória difícil por 1 a 0 sobre o Bournemouth.

o que aconteceu?

O City viajou para o litoral sul da Inglaterra para encarar o Bournemouth. Equipe que nunca venceu os Blues na história de confrontos de todas as competições oficiais.

Composta por Phil Foden pela direita, Matheus Nunes pela esquerda e Haaland como centroavante, a linha ofensiva do City pressionou a saída de bola dos Cherriesde maneira moderada, forçando a bola longa.

Pep Guardiola optou por um meio campo com Rodri, Kovacic e Bernardo Silva no que se mostrou uma tática alternativa ao jogo de controle, buscando algo mais vertical, explorando a capacidade dos atacantes correndo nas costas da defesa adversária.

Aos oito minutos do primeiro tempo, Phil Foden recebeu um lançamento de primeira que o deixou Haaland cara a cara com o goleiro Neto. Nosso camisa 9 matou a bola com um pouco de dificuldade, o que atrapalhou na finalização. Infelizmente chute saiu por cima do gol e o perdemos a nossa primeira chance de inaugurar o placar.

Dez minutos mais tarde, Phil Foden trabalhou a bola com Bernardo pela direita e quando recebeu de volta, gingou para fora e voltou para dentro na entrada da área para meter aquele chute rasteiro que é sua marca registrada. Infelizmente, Neto estava bem-posicionado e pôde defender com facilidade.

E a jogada vertical saiu aos 25 minutos de jogo. Lançamento de Kovacic para Haaland nas costas da zaga adversária, ele chutou cruzado deixando o zagueiro para trás e Neto espalmou para o outro lado da área, aonde chegava Phil Foden para sacodir a rede e inaugurar o placar desse sábado. City na frente e a pressão agora mudava para o lado dos anfitriões.

Nunes também explorou o lançamento e deixou Bernardo no um contra um na entrada da área. O camisa 27 correu muito para ser opção de passe e infelizmente, Bernardo optou por devolver o passe, quando a corrida do compatriota abria toda a área para chutar. O meio campista não conseguiu finalizar para o gol.

O City pressionou até o final do primeiro tempo em busca de um segundo gol para ter maior tranquilidade no segundo tempo, no entanto a equipe do sul se manteve sólida e não concedeu muitas chances claras de marcar.

A primeira chance do segundo tempo veio de uma conexão direta de Ederson para Haaland, que matou a bola e tabelou com Bernardo para sair nas costas do zagueiro. Ele dominou a bola, adiantou, deu um jogo de corpo em outro defensor e finalizou sob pressão. Neto defendeu.

E quando o time do Bournemouth esboçou uma reação, Ederson salvou. Kluivert chutou de fora da área, mas o nosso paredão defendeu com facilidade.

A primeira alteração da partida veio dos Sky Blues. O português Matheus Nunes deu vez ao belga Jeremy Doku na ponta esquerda.

Em cobrança de escanteio do Bournemouth Solanki cabeceou a queima-roupa e Ederson defendeu em cima da linha, afastando o perigo dalí. Mais uma vez o nosso goleiro brilhando para manter a vantagem do City no placar.

A 15 minutos do fim do segundo tempo, Haaland fez uma tabelinha na entrada da área, ficou cara a cara com Neto e meteu um petardo no peito dele. O goleiro do Bournemouth não esboçou nem reação, mas infelizmente não pudemos marcar e no momento seguinte Erling foi substituído por Álvarez.

A última substituição do City na partida foi a entrada de Kevin De Bruyne em lugar de Mateo Kovacic, quando faltavam sete minutos para o fim do tempo regulamentar.

 Aos 45 minutos do segundo tempo, o City montou um ferrolho e precisou se defender da pressão dos anfitriões, quando o quarto árbitro anunciou seis minutos de acréscimos. 

A partida pode ser interpretada como drama na costa sul, no entanto o trabalho defensivo dos Blues e a experiência em saber sofrer os garantiu os três pontos.

TimeS

BOURNEMOUTH: Neto (C), Smith, Zabarnyi, Senesi (Faivre, 80), Kerkez (Sinisterra,88), Cook, Tavernier (Dango 67), Christie (Unal 88), Semenyo, Kluivert (Scott 67), Solanke

Subs: Travers, Radu, Mepham, Kinsey

CITY: Ederson, Akanji, Stones, Dias (C), AkeRodrigo, Nunes (Doku 55), Kovacic (De Bruyne 84), BernardoFoden, Haaland (Alvarez 75)

Subs: Ortega Moreno, Walker, Grealish Gomez, Bobb, Lewis

homem do jogo

JOHN STONES

O único acima de Phil Foden nos difíceis 90 minutos no Vitality Stadium foi... John Stones.

De volta ao seu melhor, Stones apareceu em todos os lugares, na defesa, no meio-campo e no ataque, com sua melhor exibição em uma temporada marcada por lesões.

Calmo sob pressão e com uma seleção de passes inteligente, ele leva nosso prêmio, embora esse tenha sido outro jogo magnífico de Foden.

o que significa isso...

O City conquistou uma vitória vital e ficou a um ponto do líder Liverpool.

Ambas as equipes disputaram 25 partidas e o Arsenal pode ficar dois pontos atrás dos líderes se vencer o Newcastle no último jogo desse sábado.

a seguir?

Nossa defesa da FA Cup continua com uma partida mata-mata nas oitavas de final contra o Luton Town.

O pontapé inicial será às 20h (Reino Unido), em Kenilworth Road, na terça-feira, 27 de fevereiro, com uma vaga nas quartas de final em disputa.

O jogo deve ser decidido nessa noite, sendo possível prorrogação e pênaltis caso as duas equipes não consigam a vantagem no placar no tempo normal.

News about B'mouth v Man City

Guardiola: o Bournemouth é outro com Iraola

Pep Guardiola diz que o Bournemouth comandado por Andoni Iraola é uma equipe inteligente. Read more

Guardiola elogia ‘classe mundial’ de Foden

Pep Guardiola diz que Phil Foden já é um talento de classe mundial. Read more

Bournemouth x City: relatório do olheiro da FPL

Confira o relatório do olheiro da Fantasy Premier League (FPL) antes da visita do City a Bournemouth. Read more

Ederson quebra recorde do City de jogos sem sofrer gols na Premier League

O clean sheet de Ederson contra o Bournemouth no sábado foi seu 110º na Premier League pelo Manchester City. Read more

Guardiola traz as últimas sobre De Bruyne antes do duelo contra o Bournemouth

Pep Guardiola diz que Kevin De Bruyne estará com o elenco que enfrentará o Bournemouth neste sábado pela Premier League. Read more

City cresce com pressão na disputa pelo título, diz Stones

John Stones disse que o City está enfrentando a pressão da corrida pelo título da Premier League após nossa vitória por 1 a 0 sobre o Bournemouth, que colocou a equipe de Pep Guardiola um ponto atrás do líder Liverpool. Read more

B'mouth 0x1 City: Melhores Momentos

Reveja a nossa vitória pelo placar mínimo na costa sul da Inglaterra... Watch more