Masculino

América Latina presente no clássico de Manchester

América Latina presente no clássico de Manchester
O que antes parecia uma exceção. A presença de latino-americanos no City ou United tem crescido gradativamente ao longo dos anos.

O que antes parecia uma exceção, agora está se tornando comum no clássico de Manchester. A presença de latino-americanos no City ou United tem crescido gradativamente ao longo dos anos e muitos se tornaram pilares fundamentais de ambas as instituições.

Lembrando os velhos tempos, rapidamente apenas os nomes de Juan Sebastián Verón, Diego Forlán ou Gabriel Heinze vêm à mente, mas essa tendência começou a mudar a partir da temporada 2007/2008. A partir desse momento, os jogadores latino-americanos foram chegando com mais frequência e ganhando cada vez mais destaque. Elano Blumer, Geovanni Deiberson, Jô, Anderson Oliveira, Robinho, Pablo Zabaleta, Rafael da Silva, Felipe Caicedo e Fábio da Silva, foram os que começaram a abrir caminho. Em 2009/2010 chegou Antonio Valencia, o equatoriano que passou 10 anos no Manchester United, Sylvio Mendes, Roque Santa Cruz e Chicharito Hernández. Muitos ganharam um lugar nos derbies como titulares e outros entrando como substitutos.

De 2012 a 2016, Maicon Douglas, Fernandinho, Martín Demichelis, Fernando Reges, Wilfredo Caballero, Marcos Rojo, Ángel Di María, Radamel Falcao, Andreas Pereira, Nicolás Otamendi, Sergio Romero e Claudio Bravo se juntaram a uma lista que vinha sendo cada vez mais importante. Mais recentemente, em 2017 foi a vez dos brasileiros Gabriel Jesus, Ederson Moraes, Danilo Luiz e em 2018/2019 Alexis Sánchez, Fred e Rodri. Jogadores do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai, Equador e México enriqueceram - e enriqueceram - um dos duelos mais importantes e atraentes do futebol inglês.

SETE TITULARES Em 2014

Em 2014, o clássico de Manchester teve recorde de presenças sul-americanas desde o jogo: Pablo Zabaleta, Martín Demichelis, Fernando Reges, Sergio Agüero, Antonio Valencia, Marcos Rojo e Ángel Di María foram os titulares da vitória por 1 a 0 do Manchester City. Como se não bastasse, o então treinador do Citizen era Manuel Pellegrini, no banco estavam Willy Caballero e Fernandinho, que entrou no final do jogo. O gol da partida? Do Kun, é claro.

WATCH: O Manchester derby tá ON

CARLOS TEVEZ DIVIDIu MANCHESTER

O atacante argentino conhece muito bem a cidade. No Manchester United, ele jogou duas temporadas (de 2007 a 2009) e depois decidiu ir para o outro lado para chegar ao Manchester City. Com o clube Celeste jogou 148 jogos, marcou 74 gols em 4 anos e ganhou uma Premier League, uma FA Cup e um Community Shield. Em 2011 deu-se o prazer de ser o artilheiro da Premier League ao lado de Dimitar Berbatov, ambos com 21 gols. Além disso, o Apache comemorou quatro vezes no clássico: uma com o United e três com o City.

SERGIO AGÜERO, o ÍDOLO

Em 2011 chegou outro argentino que se tornaria um emblema histórico: Sergio Agüero. Kun foi contratado do Atlético de Madrid por 45 milhões de euros e os seus anos no Manchester City foram repletos de glória. Conquistou 13 títulos, marcou gols inesquecíveis como aquele que significou o título contra o Queens Park Rangers e é o maior goleador da instituição com 255 gols. Além disso, ele é o quarto jogador mais famoso da história da Premier League, perdendo apenas para Alan Shearer, Wayne Rooney e Andy Cole. Mas Agüero busca um novo recorde em sua extensa e brilhante carreira dentro do clube: ele já marcou 9 gols contra os Red Devils e está a apenas 2 gols de Rooney, artilheiro do derby com 11. Joe Hayes e Francis Lee, ambos Citizens, bateram o Kun com 10 gols cada.

MANUEL PELLEGRINI, o CAMPEão

O chileno Manuel Pellegrini também deixou sua marca no comando do City. Ele se tornou o primeiro treinador não europeu a vencer o campeonato inglês, levou o clube às semifinais da Liga dos Campeões pela primeira vez na história e foi sagrado campeão três vezes, conquistando uma Premier League e duas Copas da Liga. Além disso, seu histórico contra o Manchester United é favorável: o técnico comandou 7 derbies, venceu 4, empatou 1 e perdeu 2.

 

Ver todos os parceiros do clube

Mancity.com

31?
loading