Izzy Christiansen engrossou o coro de aprovação após a atuação heroica de Stefan Ortega Moreno na noite de terça-feira, na vitória do City por 2 a 0 sobre o Spurs, descrevendo o impacto instantâneo do goleiro substituto como um momento potencialmente decisivo na corrida pelo título da Premier League.

Pela quarta vez nesta temporada, o goleiro alemão foi convocado do banco de reservas em um jogo importante da Premier League, entrando no lugar do lesionado Ederson logo após a marca de uma hora no Estádio do Tottenham Hotspur, com o City mantendo uma pequena vantagem de 1 a 0.

Em uma ocasião de extrema importância e significado em termos do destino do título da liga, Ortega Moreno foi o centro das atenções, fazendo dois bloqueios importantes em poucos minutos diante de Dejan Kulusevski.

Faltando cinco minutos para o fim do jogo e com a partida ainda no fio da navalha, o goleiro teve uma atuação ainda mais heroica ao se manter firme e evitar o gol de Son Heung-Min, depois que o atacante sul-coreano do Spurs ficou na cara do gol.

Foi um momento importante no jogo e na temporada, com Erling Haaland apliando o placar aos 91 minutos, selando assim a vitória que colocou o City a três pontos de um histórico quarto título consecutivo.

Stefan Ortega Moreno manteve o Manchester City no jogo, na disputa pelo título e, sem dúvida, pode ter conquistado o campeonato com aquelas defesas diante de Dejan Kulesevski e Son Heung-Min”, disse a ex-meio-campista do City e da Inglaterra, Christiansen, que foi convidada especial do programa Matchday Live de terça-feira.

“Quando Son e Kulesevski tiveram chances, essas defesas aconteceram em um momento realmente crucial do jogo, quando o City estava vencendo por 1 a 0.

“Além disso, ter a psicologia para entrar em campo e estar pronto para atuar em momentos tão importantes diz muito sobre sua mentalidade e a profundidade da equipe.

“E também sobre as decisões que Pep teve que tomar. Ele não teve dúvidas em tirar o goleiro titular por precaução e colocar o segundo goleiro.

“Muitos técnicos desta liga talvez tivessem dúvidas sobre isso por causa dos possíveis momentos que ocorreriam.

“Mas isso só mostra quão bom Stefan Ortega Moreno é.

“Sem dúvida, ele desempenhou um papel fundamental no que pode ser o quarto título consecutivo da liga”.

As calorosas palavras de elogio de Christiansen foram repetidas por Nedum Onuoha, que foi nosso convidado especial na edição de terça-feira à noite do Matchday Live.

O ex-zagueiro do City admitiu que temeu o pior quando Son Heung-Min ficou no mano a mano com Ortega Moreno, mas disse que a reação do goleiro foi exemplar.

“Aquele momento com Son foi como um filme de terror”, refletiu Onuoha.

“Você está pensando nos 10 meses que levaram a esse ponto e agora tudo pode estourar porque Son Heung-Min está correndo no mano a mano e ele é um dos melhores finalizadores no mano a mano nesta liga e no futebol mundial.

“Você estava sentindo que isso já aconteceu conosco contra o Spurs e que vai acontecer de novo.

“Mas o que eu gostei em Ortega Moreno foi o fato de ele estar esperando o momento certo.

“Ele não estava apressando uma decisão sobre onde talvez Son pudesse chutar.

“E ele deve ter visto vídeo de Son e o tipo de finalização que ele gosta.

“Até mesmo o fato de ele ter esticado a perna para defender a bola... nem todo goleiro tentaria defender uma jogada individual dessa maneira.

“Isso mostra que não se trata apenas dos jogadores de linha – ele salvou cada uma daquelas três grandes chances, e salvou cada uma delas, mostrando o quanto foi um esforço de equipe.

“Aquels defesa foi fundamental”.