Masculino

Guardiola elogia fãs 'fenomenais' que foram a loucura com os gols

Pep Guardiola prestou homenagem ao apoio "fenomenal" dos torcedores do City na magnífica vitória por 7 a 0 sobre o Leeds no Etihad.

Diante de uma multidão que esgotou a bilheteria e em meio a uma atmosfera apaixonante, o City alargou a sua vantagem para quatro pontos à frente do segundo colocado na tabela da Premier League.

O gol de abertura de Phil Foden marcou o 500º gol do reinado de Guardiola na Premier League.

E uma enchurrada de gols iniciou-se com Jack Grealish registrando um primeiro gol de cabeça na Premier League, Kevin De Bruyne (2), Riyad Mahrez, John Stones e Nathan Ake.

Alcançamos sete vitórias consecutivas no campeonato e foi a nossa 33ª vitória no ano, igualando o recorde estabelecido pelo Liverpool de Bob Paisley.

E ao refletir sobre a vitória, o nosso técnico fez uma homenagem especial à torcida.

“Sim, fizemos um jogo muito bom”, afirmou Guardiola.

DE CABEÇA: Jack Grealish marca pelo City
DE CABEÇA: Jack Grealish marca pelo City

“Perdemos cinco pontos contra o Leeds na temporada passada com os mesmos caras que tínhamos hoje, exceto Jack."

“Começamos com um bom ritmo e os nossos zagueiros subiram bem. Fomos pacientes com a bola e a qualidade dos jogadores fez o resto."

"Foi um bom jogo. A vibração no estádio era fenomenal."

“Hoje esgotou a bilheteria e quando isso acontece os jogadores sentem."

“Muito obrigado a eles (os fãs). Foi um prazer."

Guardiola também destacou como o Leeds quase garantiu um ponto contra o Chelsea no sábado, elogiando a abordagem geral de seus jogadores.

ROCKET MAN: Kevin De Bruyne soltou o foguete no nosso quinto gol
ROCKET MAN: Kevin De Bruyne soltou o foguete no nosso quinto gol

E ele ressaltou que estava longe de sentir-se confortável, apesar do placar.

“Perdemos cinco pontos na temporada passada (contra o Leeds). Confortável não é nada. Fizemos um bom trabalho. Vi o jogo contra o Chelsea e eles mereciam um ponto”, acrescentou Guardiola.

“Eu sei como eles são bons. Fazer o que eles fazem é único. Eles são os melhores nisso."

“Mas o ritmo e a paciência com que jogamos foram bons para ganhar o jogo."

O técnico também atualizou a condição física de Bernardo Silva, que foi substituído no intervalo.

“Ele teve dores musculares. Não se lesionou, mas sentiu-se um pouco desconfortável. Mas com 3-0, não queríamos correr o risco ”, acrescentou Pep.

Ver todos os parceiros do clube

Mancity.com

31?
loading