Masculino

Stéphany Afonso: "Gabriel Jesus está inspirando toda uma geração"

Stéphany Afonso: "Gabriel Jesus está inspirando toda uma geração"
No dia do seu 24º aniversário, revisamos a passagem do Gabriel Jesus pelo Palmeiras e seu presente no Manchester City com a jornalista brasileira Stéphany Afonso.

O jovem atacante do Brasil já é uma realidade. Chegou à Premier League com apenas 19 anos e desde então já registrou 183 jogos, 80 gols e 8 títulos pelo time inglês. Ganhou um lugar muito importante na equipe de Pep Guardiola e seu nível o levou a ser uma peça fundamental no ouro que o Brasil conquistou nas Olimpíadas de 2016 e na Copa América 2019.

Mas para entender esse presente é preciso analisar como começou sua história, o que aconteceu e o que superou para ser protagonista de uma das ligas mais prestigiosas do mundo. Para isso, conversamos com a jornalista Stéphany Afonso, que acompanhou de perto a campanha de Jesus quando ele estava no Verdão: “Aquela época de Gabriel Jesus no Palmeiras foi importante para o momento que vivemos agora. A equipe vinha saindo de alguns anos sem ganhar nada e também tinha jogado na Série B. Tudo isso era muito recente e havia uma ânsia de ganhar títulos ”.

Ele foi muito importante para dar o impulso que o clube paulista precisava: “Ele surgiu naquele momento de reestruturação. O Palmeiras com ele poderia reviver o surgimento de um ídolo, já que há anos não tinha um crack. Além disso, com ele a tradição de valorizar a equipe de base volta, dando espaço aos bons jogadores do clube. No título deste ano, na Copa Libertadores, o clube teve 4, 5 jogadores de escalões inferiores que tiveram sua chance ”, explicou Afonso.

WATCH: Gabriel Jesus todos os gols pelo City

a adaptação na INGLATERRA

"Ele já tinha uma ideia de como lidar com grandes desafios. No Palmeiras viveu uma fase de reconstrução, teve a pressão de ser uma figura e um novo ídolo. Obviamente não foi fácil, pois ele foi para um país totalmente diferente e tudo foi muito rápido. Não tinha baixas expectativas com ele, sabia que podia ser promovido na Europa, mais numa equipa como o City e por causa do treinador, que é o melhor do mundo em todos os sentidos ”.

A IMPORTaNCIA DE GUARDIOLA

“Para mim, Guardiola é o Deus do futebol. Ele empoderou a maioria dos jovens que teve e mudou a história do esporte. Os treinadores atuais e futuros devem segui-lo. Muitos jogadores brasileiros quando vão para a Europa perdem o charme, é difícil para eles, não são constantes e o Pep tem o poder de preservar suas virtudes, de aperfeiçoar um jogador e o Gabriel está nessa fase ”.

REFErência PARA Os jovenS Do SeU PAÍS

“Ele tem muitos recursos técnicos, é agressivo, intenso e versátil. Ele é esperto jogando sem bola, procurando espaços, se movimentando, está sempre pressionando o adversário que está com a bola e fechando os espaços de passe. Em termos humanos, ele é super forte e é um menino que está inspirando muitos jogadores no Brasil. Toda essa geração dos últimos 3 anos olha para ele, querem ser como ele e não me refiro apenas no campo, também na vida. O que ele fez, a força que tinha, como soube lidar com todos esses desafios desde muito jovem e se adaptar. Eu o definiria como um camaleão, ele se adapta no humano e no jogo. Com este esforço e muito trabalho, ele pode ser um dos melhores jogadores do mundo no futuro”.

COPA AMÉRICA 2021

“Deve ser titular porque tem condições, mas depende muito de como eles o vão usar. Para mim nos últimos anos a seleção nacional não esteve muito bem desenvolvida, falta-nos magia ou algo que nos ligue. Temos jogadores muito bons, não acho que o problema seja isso, individualmente eles são excelentes e contribuem muito para o jogo, mas falta essa ligação com o coletivo. Não acho que dependa do Gabriel Jesus, porque ele tem condições, mas depende do grupo, de quem vai jogar com ele, que ideia, estilo, ainda falta isso no Brasil."

Ver todos os parceiros do clube

Mancity.com

31?
loading