Raheem Sterling sofreu o pênalti que fez a diferença na vitória sobre a Dinamarca

O atacante do City teve participação decisiva na vitória inglesa, sofrendo o pênalti na prorrogação.

Harry Kane até teve sua cobrança defendida por Kasper Schmeichel - mas conseguiu pegar o rebote e colocar os ingleses na final.

Sterling, Stones e Walker jogaram 120 minutos em um jogo que a Inglaterra teve que virar, já que foi a Dinamarca que saiu na frente.

Phil Foden entrou para jogar os 28 minutos finais.

Agora, a Inglaterra enfrenta a Itália de Roberto Mancini na final no domingo.