Crônica da Partida

Bernardo inspira vitória dominante no dérbi

WHAT A STRIKE! Bernard lets fly into the top left-hand corner
EFL Cup
EFL Cup
ter 7 jan
1
3
Marcus Rashford 
(70’)
Bernardo Silva 
(17’), 
Riyad Mahrez 
(33’), 
Andreas Pereira 
(38’)
Ver melhores momentos
Com um primeiro tempo impecável, o City largou na frente na corrida pela final da Carabao Cup

O Manchester City praticou seu melhor futebol para amassar o Manchester United e vencer o rival por 3 a 1 em Old Trafford. O resultado deixa a equipe em uma posição confortável para o jogo de volta da semifinal da Carabao Cup.

Os comandados de Pep Guardiola deram um baile na primeira etapa da partida. O genial Bernardo Silva marcou um golaço de fora da área e ainda deu uma incrível assistência para Riyad Mahrez fazer o segundo. Kevin De Bruyne fez a jogada do terceiro gol, anotado contra por Andreas Pereira.

O United melhorou após o intervalo e Marcus Rashford descontou para o time da casa.

O gol tomado apagou um pouco o brilho de uma performance dominante do City, mas a equipe mereceu os dois gols de vantagem para o segundo jogo, em três semanas, no Etihad Stadium.

O que aconteceu

Guardiola disse antes da partida que não mudaria sua abordagem diante da velocidade dos Reds nos contra-ataques, principal característica dos rivais na derrota de dezembro pela Premier League.

Nos primeiros minutos de jogo, Rashford venceu Otamendi na velocidade e fez essa questão ser lembrada, mas não passou de um alarme falso, pois o City logo dominou completamente a partida. Liderado pela dupla de “falsos nove” formada por Bernardo e De Bruyne, a equipe de Guardiola deu um nó tático em Ole Gunnar Solskjaer.

O meia-atacante português foi o arquiteto de tudo que aconteceu de bom na primeira etapa e abriu o placar com um golaço de fora da área. Um gol impressionante para um jogo de tal importância.

Depois de receber um passe de Kyle Walker a 30 metros da baliza, Bernardo recolheu a bola para o pé esquerco e chutou forte no canto superior direito, sem chanhce para David De Gea.

Raheem Sterling ainda teve dois chutes bloqueados antes de Bernardo produzir um segundo momento de magia.

O português dominou a bola no meio de campo e acertou lindo passe nas costas de Victor Lindelof, que se esticou todo mas não conseguiu evitar que Mahrez driblasse De Gea e chutasse para o fundo do gol.


                        Mahrez cortou De Gea para marcar o segundo
Mahrez cortou De Gea para marcar o segundo

Seis minutos depois, parecia que o City estava a mil por hora.

Bernardo novamente acionou Mahrez, que foi desarmado por Brandon Williams.

A sobra, porém, ficou com De Bruyne, que deixou Phil Jones no chão e chutou em cima de De Gea. No rebote, a bola bateu em Pereira e entrou contra. City 3 a 0 no marcador.


                        Rashford foi a principal ameaça do United no jogo
Rashford foi a principal ameaça do United no jogo

O brasileiro tentou um chute de muito longe logo depois, mostrando toda a superioridade do City, e o cansaço de Williams na segunda etapa foi um indicativo de que seria difícil para os donos da casa reverter o placar.

O City continuou tentando o quarto gol, com Mahrez forçando De Gea a fazer uma grande defesa com os pés, mas o United evoluiu ao logo do segundo tempo e se mostrou um oponente mais duro.

Angel Gomes roubou um passe De Bruyne para Rodrigo e quando Rashford foi acionado por Mason Greenwood, o atacante dos Reds descontou com um chute cruzado que mantém o United vivo na disputa.

Rashford ainda teve mais uma chance em chute de longa distância, mas Claudio Bravo conseguiu salvar e assegurar o placar.

Homem do Jogo: Bernardo Silva


                        Bernardo abriu o placar com um gol incrível
Bernardo abriu o placar com um gol incrível

Quem mais?

O português teve uma atuação brilhante mesmo jogando fora de posição, como atacante mais avançado. 

Bernardo estava em todos os lugares e infernizou os marcadores. Fez um golaço, deu uma assistência e ainda participou da jogada do terceiro gol. 

O que isso significa

Um empate ou até mesmo derrota por um gol de diferença na partida de volta classificam o City para sua terceira final de Carabao Cup seguida.

Gols fora não valem como critério de desempate. Ou seja, se o United igualar o placar agregado, a disputa vai para os pênaltis, sem prorrogação.

O que vem a seguir

O City volta a campo no domingo contra o Aston Villa, fora de casa, pela Premier League.

A partida de volta da semifinal acontece em três semanas, na quarta-feira dia 29 de janeiro.

Ver todos os parceiros do clube

Mancity.com

31?