Sterling e Aguero fecham a terceira vitória do City em três jogos na Liga dos Campeões

O começo do jogo foi duro. Tanto, que o City teve que correr atrás do placar após levar o primeiro gol, em um pênalti cometido por Fernandinho.

Mas atuações de gala da linha ofensiva deram o tom do jogo, que acabou em goleada - e com direito a hat trick! Aguero, duas vezes, e Sterling, três, compuseram o placar de 5-1 para o City, que segue 100% na Liga dos Campeões com três jogos disputados.

Os lados negativos foram o cartão vermelho recebido por Phil Foden, que levou dois amarelos e acabou indo para o chuveiro mais cedo; e um toque em Rodri, que precisou ser substituído antes do intervalo.

O que aconteceu

A Atalanta viajou a Manchester acompanhada de uma torcida animada e barulhenta. E o melhor ataque do Campeonato Italiano começou o jogo fazendo jus aos números que carrega nesta temporada, partindo pra cima e pressionando a defesa do City.

Foram os italianos, aliás, quem tiveram as primeiras oportunidades Ilcic e Robin Gosen tiveram chances aos 5 e aos 11 minutos, mas não conseguiram abrir o placar.

Eles conseguiriam, no entanto, aos 27 minutos. Ilcic foi derrubado na área por Fernandinho e o árbitro apontou a cal. Pênalti que Malinovsky cobrou e não desperdiçou.

A resposta foi decisiva e praticamente imediata. Sterling deu início a sua noite mágica ao achar Aguero dentro da área com um cruzamento. Em sua centésima partida em competições europeias, o argentino só desviou para deixar tudo igual.


                        Aguero marcou o gol de empate após assistência de Sterling
Aguero marcou o gol de empate após assistência de Sterling

Dos pés do Kun veio também a virada. Sterling foi derrubado na área por Andrea Masiello - pênalti para o maior artilheiro da história do City cobrar e marcar.

Antes do intervalo, uma preocupação: Rodrigo, improvisado na zaga, sentiu dores e pediu substituição. John Stones, em processo de retorno após uma lesão, entrou em seu lugar.


                        Rodrigo deixou o campo ainda no primeiro tempo
Rodrigo deixou o campo ainda no primeiro tempo

Se parecia ser a noite de Aguero, Sterling decidiu pegar os holofotes para si no segundo tempo. Raheem colocou o jogo no bolso e, em onze minutos, marcou um hat trick relâmpago.


                        A noite mágica de Sterling
A noite mágica de Sterling

O terceiro do City veio aos 57 minutos, em uma jogada coletiva que começou atrás da linha do meio de campo. De Bruyne invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro, Foden achou Sterling e o atacante fuzilou para balançar a rede.

Seis minutos depois, Gündogan enfiou a bola em profundidade para Raz, que correu, cortou Rafael Tolói e marcou o segundo.

Aos 68, Aguero teve uma excelente oportunidade de marcar, mas acabou parando no goleiro. A bola sobrou para Mahrez, que cruzou para a área. Sterling, com um toque, marcou seu terceiro. O quinto de um City impiedoso dentro de casa.

A sete minutos do fim, Foden fez uma falta e recebeu seu segundo cartão amarelo. Com um a menos, o City controlou a partida e esperou o apito final.

Homem do Jogo: Raheem Sterling


                        Um hat trick em 11 minutos
Um hat trick em 11 minutos

Três gols em 11 minutos, uma assistência, um pênalti sofrido e um jogo de almanaque. Quem mais senão Raheem Sterling?

O que isso significa?

O City segue no topo do Grupo C da Liga dos Campeões, com 3 vitórias em 3 jogos.

Shakhtar e Dinamo Zagreb empataram em 2 a 2 e estão juntos na segunda posição, com 5 pontos cada. A Atalanta não pontuou.

O que vem a seguir?

O City retorna à Premier League com um jogo doméstico diante do Aston Villa no próximo sábado.