Uma virada espetacular no segundo tempo garantiu o City nas semifinais da FA Cup

 

Ganhar os quatro troféus - Carabao Cup, FA Cup, Premier League e Liga dos Campeões - segue o maior sonho do City nesta temporada. E, por muito pouco, ele não escapou nesta tarde, no País de Gales, quando o time de Guardiola foi ao Liberty Stadium enfrentar o Swansea, pelas quartas de final da FA Cup. Uma virada para ficar na memória do torcedor, embalada pelo sempre decisivo Sergio Aguero.

Tudo errado no primeiro tempo

 

 


                        Com virada no fim, City avança na FA Cup

 

Apesar de demonstrar um desempenho modesto na temporada até aqui (o Swansea é apenas o 15º colocado na Championship, segunda divisão do futebol inglês), o clube galês queria mostrar que poderia jogar de igual para igual. E no primeiro, tempo as coisas foram melhores para os donos da casa. Empurrados pela torcida e sem medo de atacar, os Swans partiram pra cima. Aos 19 minutos, seus esforços foram recompensados, quando Delph derrubou Roberts na área e o juiz apontou a marca do pênalti. Na cobrança, Grimes não vacilou e abriu o placar.

O City até tinha domínio de bola, mas não conseguia acertar o último passe. Quando acertava, parava numa atuação espetacular do goleiro sueco Nordfeldt, que vivia um dia iluminado. Aos 28 minutos, um novo susto: uma triangulação perfeita com passes rápidos deixou Celina, ex-jogador do City, em condição para finalizar. Com estilo, ele ultrapassou Ederson e fez o segundo.

O relógio passou a ser inimigo de Guardiola, que viu sua equipe aumentar o volume de jogo e melhorar na partida. Mesmo assim, os dois times foram para os vestiários com o placar em 2 a 0 para o Swansea.

 

Sempre Aguero

 


                        Com virada no fim, City avança na FA Cup

 

Sem alterações na volta do intervalo, o City manteve a postura de tentar pressionar o Swansea e reduzir a atuação dos galeses a seu campo de defesa. Mas os ventos só começaram a mudar quando Pep decidiu olhar para o banco de reservas. Primeiro, fez duas trocas: Zinchenko no lugar de Delph, e Sterling para substituir Sané. Dez minutos depois, Aguero entrou em campo no lugar de Mahrez.

As mudanças deixaram o time mais objetivo. Logo depois de entrar, Aguero fez uma jogada de insistência no meio da área e tocou para Bernardo Silva, que acertou um belíssimo chute de três dedos no canto do gol. O City voltava ao jogo.

A partir daí, o rolo compressor Cityzen apertava e o Swansea se segurava como podia. Sterling pegou a bola na direita, invadiu a área e acabou derrubado por Cameron Carter-Vickers. O juiz marcou pênalti, e Aguero se posicionou para a cobrança. Ele certou a trave, mas a bola caprichosamente bateu nas costas do goleiro Nordfeldt e acabou entrando.

A dois minutos do final, Bernardo cruzou da direita na cabeça de Aguero. O artilheiro não decepcionou, e garantiu uma virada inesquecível no País de Gales.

Homem do jogo: Sergio Aguero

O argentino teve 26 minutos em campo. Foi o suficiente para decidir a partida e participar de todos os gols, sendo coroado com a bola que confirmou a virada.

E agora?

O City avançou para as semifinais da FA Cup, e vai descobrir seu adversário na tarde deste domingo. O time só volta a campo no próximo dia 30, contra o Fulham, enquanto os jogadores se apresentam às suas respectivas seleções para partidas internacionais.