quote feed-section sponsor-promos cf show linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2018/19

Vídeo Fotogaleria

Manchester City New Logo City 2
Liverpool Liverpool 1

SPECIAL ONE: Sergio can't contain his joy after his wonder strike

SPECIAL ONE: Sergio can't contain his joy after his wonder strike

Premier League Att:54511 3 de janeiro de 2019 20:00:00

Manchester City

2

Agüero 40'

Sané 72'

2 - 1

Liverpool

1

Barbosa de Oliveira 64'

Árbitro
Anthony Taylor
Matchday centre

Manchester City:

  • Santana de Moraes
  • Laporte Walker 86’
  • Stones
  • da Silva
  • Kompany Otamendi 88’
  • Veiga de Carvalho e Silva
  • Silva Gündogan 65’
  • Luiz Rosa
  • Agüero
  • Sané
  • Sterling
Suplentes não utilizados
Mahrez, Muric, de Jesus, De Bruyne

Liverpool:

  • Ramses Becker
  • Alexander-Arnold
  • Robertson
  • van Dijk
  • Lovren
  • Henderson
  • Wijnaldum Sturridge 86’
  • Milner Tavares 57’
  • Salah Ghaly
  • Mané Shaqiri 77’
  • Barbosa de Oliveira
Suplentes não utilizados
Mignolet, Keita, Lallana, Moreno

Foi o grande jogo que todos esperavam. E para a alegria dos torcedores do City a equipe conquistou uma importantíssima vitória contra o Liverpool, por 2 a 1, no Etihad Stadium lotado

Para tanto, Pep Guardiola montou uma equipe mais compactada que, em determinados momentos, precisou fugir um pouco de suas características devido à força do adversário. Se um time campeão se faz em momentos de alta pressão, este foi um teste crucial – e o City saiu vencedor!

A vitória do City põe fim à invencibilidade do líder Liverpool na competição e dá ânimo novo à equipe na briga pelo bicampeonato inglês.

O que aconteceu?

O jogo começou com uma atmosfera eletrizante no Etihad Stadium. A torcida cantava alto e os jogadores pareciam desde o primeiro minuto dispostos a dar tudo dentro de campo, brigando por cada bola.

Como era de se esperar em um duelo de líderes comandados por Pep Guardiola e Jurgen Klopp, a partida era tensa e muito estudada, com o City jogando de forma segura e com paciência nas subidas ao ataque.

Laporte, atuando improvisado de lateral-esquerdo, fechava uma linha de quatro defensores que ainda tinha Danilo, Kompany e Stones.

Sterling e Sane, abertos nas pontas, tentavam criar para o City, mas foi o Liverpool que levou perigo primeiro, aos oito minutos. Mané lançou Arnold na direita, que cruzou na direção de Firmino. O atacante deixou passar, a bola tocou em Fernandinho e foi para o gol, mas Ederson fez boa defesa.

O Liverpool parecia mais confortável na partida e por muito, muito pouco não abriu o placar aos 17. Mané recebeu na área e chutou na trave; no rebote, Ederson e Stones se atrapalharam e a bola ficou a um fio de ultrapassar a linha do gol – Stones se recuperou e afastou o perigo.

Após o susto, o City passou a jogar melhor e a dominar a partida, criando espaços pelas pontas. A zaga do Liverpool, porém, levava a melhor.

Aos 27, Sterling escapou pela direita e rolou para David Silva dentro da área, mas a finalização foi bloqueada pela zaga, bem posicionada.

O City seguiu no ataque até que, aos 40, Sergio Aguero fez seu sétimo gol em sete jogos contra o Liverpool pela Premier League no Etihad Stadium.

Bernardo Silva cruzou na área, Aguero se antecipou e soltou a bomba de pé esquerdo no ângulo do goleiro Alisson, sem chance de defesa. Golaço!

Foi o final de primeiro tempo perfeito para o City.

Na segunda etapa, foi a vez dos donos da casa começarem melhor, cadenciando o jogo e envolvendo a equipe do Liverpool com passes curtos e precisos que faziam a bola rodar de um lado para o outro do campo.

Sterling e Bernardo Silva tiveram chances de criar boas oportunidades de gol, mas apesar de parecer abatido o Liverpool mantinha a concentração.

Afinal, o Liverpool não é líder da competição à toa.

Após entrada de Fabinho, o time visitante passou a controlar melhor a bola e não demorou para empatar o jogo. Na primeira chance, após sobra na grande área, Kompany evitou o gol. Mas, na segunda oportunidade, Firmino recebeu livre na pequena área e, de cabeça, deixou tudo igual.

Pelo oitavo jogo seguido, a defesa do City era vazada. Dez minutos depois, porém, os Citzen marcaram mais um, apesar de estarem em um momento pior na partida – o que realça ainda mais a força da equipe.

Sterling achou Sane na esquerda e o alemão não perdoou: bateu forte, cruzado, e a bola ainda tocou o pé da trave antes de estufar a rede.

A partida então ficou eletrizante, com o Liverpool se lançando ao ataque e o City explorando os contra-ataques. Foi a hora do show dos goleiros. Primeiro Alisson salvou o que seria o segundo gol de Aguero e depois, Ederson espalmou chute cruzado de Salah que tinha endereço certo.

Sterling ainda teve uma chance clara de gol, mas nos últimos minutos de jogo foi o foco defensivo que garantiu a vitória heroica do City.

Estrela do jogo: Sergio Aguero

Sete gols em sete jogos contra o Liverpool no Etihad Stadium pela Premier League; 37 gols contra times que estão na ponta de cima da tabela (seis primeiros) desde que chegou à Inglaterra. Sergio Aguero é jogador de jogo grande e foi decisivo na vitória de hoje.

O que isso significa...

A vitória mantém o City vivo na briga pelo bicampeonato da Premier League, agora quatro pontos atrás do líder Liverpool, que soma 54. Faltando 17 rodadas para o fim do campeonato, os Citzens estão na vice-liderança com 50 pontos, seguidos por Tottenham (48) e Chelsea (44).

O que vem a seguir?

Nos dias 6 e 9 janeiro, o City entra em campo para jogos em duas competições diferentes. Primeiro enfrenta o Rotherham United pela FA Cup e depois, encara o Burton Albion em partida da Carabao Cup.

O City volta a jogar pela Premier League na segunda-feira dia 14 de janeiro, às 20h (18h BRT), contra o Wolves no Etihad Stadium.

Notícias da equipe principal

Como assistir ao jogo: City v Liverpool

Notícias da equipe principal

City v Liverpool: Atualização sobre De Bruyne

Crônica da partida

Ano termina com regresso às vitórias!

UP AND AT 'EM: Sergio Aguero leaps to head home our third goal in first half injury time

Depois de duas derrotas seguidas e um sabor amargo durante o Natal, o City se recuperou e venceu hoje o Southampton por 3 a 1 para se reencontrar com a vitória na última partida do ano.

Crônica da partida!