O elenco do Manchester City se mostrou superior em todos os setores do campo durante a partida no Selhurst Park.

Apesar do apoio da torcida, o Crystal Palace entrou em campo focado em defender-se e acabou sofrendo o primeiro gol rapidamente. A qualidade de passes e a busca por jogadas efetivas levou o City de volta à primeira posição da Premier League em uma vitória por três a um.

O que aconteceu?

1º TEMPO

Hoje o time contou com alguns retornos importantes a equipe principal, como: Vincent Kompany, Kevin de Bruyne, Leroy Sané e Benjamin Mendy. Bernardo Silva foi convocado para o banco de reservas, após rápida recuperação de lesão.

Mesmo jogando fora de casa, pudemos acompanhar o início da partida com um City pressionando bastante e dando poucas chances ao adversário para a elaboração de jogadas ou contra-ataques.


                        Três gols fora para uma vitória em equipe!

Com nove minutos de jogo, após receber uma bola cruzada dentro da grande área e livre de marcação, Raheem Sterling finalizou para fora, pelo lado direito do gol. O que poderia ser uma grande chance de sair a frente do placar.

No entanto, não desperdiçou a segunda oportunidade de marcar pelo City. Aos 14 minutos, o atacante recebeu um lançamento em profundidade e chutou forte sem chances de defesa para o goleiro Vicente Guaita. Um a zero para o City e vinte gols do Sterling na temporada.

Após o gol a equipe continuou controlando o jogo e trabalhando a para buscar outras oportunidades de chegar a meta. A equipe do Crystal Palace se posicionou mais recuada e apostando em contra-ataques, que resultaram em um chute a gol, defendido facilmente por Ederson.


                        Três gols fora para uma vitória em equipe!

Aos 31 minutos Leroy Sané avançou para dentro da área passando por 3 jogadores e bateu para o gol. Um lance bonito de se ver, que apesar de finalizado para fora, manteve a equipe viva no jogo.


2º TEMPO

Para a segunda etapa, muitas bolas são alçadas na área como alternativa a penetrar a defesa recuada e solida da equipe do Crystal Palace.

O segundo gol vem de um lançamento para dentro da área, de Aguero para Silva. Silva toca a bola para trás e após cruzamento de Sané, Sterling converte outro gol. Bola rasteira do lado esquerdo e o City avança para um placar mais confortável, dois a zero aos 18 minutos do segundo tempo.

Logo após o gol, Pep Guardiola chama Bernardo Silva para compor a equipe substituindo David Silva.

Apenas aos 25 minutos do segundo tempo recebemos o primeiro chute a gol sem muito perigo do Crystal Palace. Apesar de ser uma bola que veio quicando, a batida saiu sem força e chegou ao dominio de Ederson facilmente.


                        Três gols fora para uma vitória em equipe!

Gabriel Jesus entra no lugar de Aguero aos 27 minutos.

Faltando apenas 15 minutos para o término da segunda etapa Gundogan faz falta na intermediária do City e o camisa 4, Luka Milivojevic converte gol, visando recuperar o resultado.

Para a etapa final, Guardiola faz sua última substituição e Stones entra no lugar de Sané. Apesar do gol, a equipe busca manter o placar positivo sem deixar de aproveitar as oportunidades claras de criação.

Tudo sob controle. Quase no final da partida, após um contra-ataque, Kevin De Bruyne lança a bola para Gabriel Jesus na entrada da área, o deixando cara a cara com o goleiro. Ele finaliza no canto superior esquerdo e põe a cereja no topo do bolo. Três a um para o City fora de casa.

Homem do jogo

Kevin de Bruyne!


                        Três gols fora para uma vitória em equipe!

O belga cadenciou os passes da equipe no meio de campo, em busca de oportunidades e tomou as decisões mais acertadas, para que a vitória fosse iminente. Foi responsável pelo passe para o gol do Sterling, roubadas de bola e também por grande parte das jogadas decisivas da partida.

O que isso significa?

Essa vitória pode colocar o City de volta ao topo da tabela da Premier League. Terminamos a partida 1 ponto a frente do Liverpool. Agora nos preparamos para jogar contra o Tottenham duas vezes seguidas em casa, quarta-feira pela Champions League e sábado pela Premier League.

E agora?

Essa semana tem jogo de volta das quartas de final da Champions League. Fomos derrotados na primeira partida fora de casa pelo placar curto de um a zero. Domingo, jogamos em casa contra o Tottenham.