De Bruyne e Sané marcam os gols da vitória sobre o Cardiff no Etihad

Um jogo a menos na luta pela Premier League. Sem sofrer grandes sustos, o City foi melhor em campo e derrotou o Cardiff por 2-0 no Etihad Stadium. Mais uma partida dominante do time de Pep Guardiola, que segue lutando ponto a ponto pelo título.

Antes do apito inicial, uma homenagem e um minuto de silêncio a Bernard Halford, Presidente Vitalício do City, que nos deixou na última semana aos 77 anos de idade.

Os gols foram marcados por Kevin De Bruyne e Leroy Sané.

O que aconteceu?


                        Foden teve sua primeira oportunidade como titular na Premier League e jogou bem
Foden teve sua primeira oportunidade como titular na Premier League e jogou bem

O City entrou em campo com uma escalação jovem. Aguero, machucado, deu lugar a Gabriel Jesus, aniversariante do dia. E Phil Foden ganhou uma oportunidade - sua primeira como titular na Premier League. Kevin De Bruyne e Fernandinho, que retornaram aos treinos recentemente, também começaram jogando.

E o time não demorou muito a mostrar a que veio. Logo aos 6 minutos, De Bruyne recebeu passe de Laporte e acertou um chute improvável, sem ângulo, para abrir o placar. Golaço do belga, que vai retornando à sua melhor forma depois de perder vários jogos por lesão.

Aos 18 minutos, o primeiro susto: Zinchenko sentiu a coxa e deixou o campo, substituído por Kyle Walker.

No fim do primeiro tempo, Gabriel Jesus ainda viveria duas emoções distintas. Aos 39, irritou De Bruyne ao preferir chutar a devolver a bola e acabou finalizando mal.

Mas aos 44, o brasileiro se redimiu: cruzamento de Mahrez e uma linda ajeitada, de peito, para Sané chegar batendo bonito. Golaço coletivo, que permitiu ao City ir para os vestiários com dois gols de vantagem.

Na segunda etapa, o bombardeio foi ainda maior. E brilhou a estrela do goleiro Etheridge. Phil Foden, Mahrez, Sané - todos tiveram boas oportunidades, mas acabaram esbarrando na ótima atuação do goleiro do Cardiff.

Aos 23, ele levaria seu maior susto: após uma cobrança de escanteio, Foden finalizou e a bola explodiu na trave antes de sair.

O City ainda ficou com uma sensação de injustiça quando, aos 30 do segundo tempo, Mahrez recebeu o contato e caiu na área. O árbitro mandou seguir.

O único momento difícil do jogo aconteceu aos 40, quando Walker escorregou e o Cardiff encaixou um ótimo contra-ataque. Niasse saiu cara a cara com Ederson, que tirou a bola de carrinho.

Estrela do jogo: Kevin De Bruyne


                        Com vitória tranquila, City volta ao topo

Além de um golaço logo no começo, que ditou o ritmo da partida, o belga comandou praticamente todas as ações ofensivas do City. Dominou o meio-campo e criou inúmeras oportunidades. Uma atuação digna de KDB.


O que isso significa?

A vitória deu ao City a liderança provisória da Premier League, com 80 pontos. O Liverpool, que tem 79, ainda entra em campo pela 33ª rodada - na sexta, encara o Southampton fora de casa. 

O que vem a seguir?

Agora, o City muda o foco para a FA Cup. Neste sábado (6), vamos a Wembley enfrentar o Brighton, em jogo válido pelas semifinais da competição. E na próxima terça (9), outro jogo em Londres: partida de ida pelas quartas de final da Liga dos Campeões, contra o Tottenham, no novo estádio dos Spurs.