Os atuais campeões ingleses dominaram a partida do início ao fim, abrindo o placar antes dos 15 minutos do primeiro tempo com David Silva e ampliando com Sergio Aguero logo após o intervalo.

Os atuais campeões ingleses dominaram a partida do início ao fim, abrindo o placar antes dos 15 minutos do primeiro tempo com David Silva e ampliando com Sergio Aguero logo após o intervalo.

Anthony Martial descontou de pênalti para os visitantes e Ilkay Gundogan fechou a conta na reta final da partida.

O que aconteceu?

O City começou com tudo e quase abriu o placar aos dois minutos.

Fernandinho encontrou Bernardo Silva entre as linhas defensivas do United e o português surpreendeu David De Gea com um chute forte de fora da área, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O United dava espaço ao City, que não demorou para fazer 1 a 0, aos 12 minutos.


                        City domina e vence o derby de Manchester

Raheem Sterling, da esquerda, cruzou forte na segunda trave, de onde Bernardo conseguiu um passe para David Silva, do outro lado da pequena área, controlar a bola e chutar forte para o fundo do gol.

O restante da primeira etapa foi amplamente dominado pelo City, mas sem grandes chances criadas, com os Reds em formação bastante defensiva.

Dois minutos antes do intervalo, Chris Smalling pareceu tocar a bola com o braço dentro da área após escanteio do City, mas nada foi assinalado pelo árbitro do jogo.

Foi o último acontecimento relevante de um primeiro tempo confortável para o City.


                        City domina e vence o derby de Manchester

Na segunda etapa, demorou apenas três minutos para os Blues ampliarem o placar.

Fernandinho roubou a bola no meio-de-campo e soltou a bola para Bernardo, que acionou Aguero.

O atacante argentino tabelou com Riyad Mahrez antes de disparar um poderoso chute para o gol, seu 11º nesta temporada.


                        City domina e vence o derby de Manchester

Sterling teve a chance de fazer 3 a 0 logo em seguida, após ótimo lançamento de Fernandinho, mas o atacante demorou a definir o lance e deixou a bola escapar pela linha de fundo.

Romelu Lukaku entrou na equipe do United antes da marca de uma hora de jogo e logo de cara o atacante belga sofreu pênalti cometido pelo goleiro Ederson. Anthony Martial cobrou e diminiu para 2 a 1.

A história certamente não se repetiria, mas a lembrança do último derby veio à cabeça dos torcedores do City imediatamente.

Os Blues continuaram a dominar o jogo, criando chances aqui e ali. Em uma delas, Sterling deu um ótimo passe para Sané, que passou perto de marcar.


                        City domina e vence o derby de Manchester

A vitória parecia certa e a quatro minutos do apito final Bernardo encontrou Gundogan dentro da área. O alemão teve tempo de dominar a bola com tranquilidade antes de balançar a rede.

Uma vitória mais do que merecida. 

Invictos, os Blues parecem insaciáveis

Após 12 partidas nesta temporada da Premier League, o City segue invicto na competição, com mais uma exibição impressionante.

O Liverpool derrotou o Fulham em Anfield (2 a 0) e o Chelsea empatou com o Everton em Stamford Bridge (0 a 0), mantendo também campanhas invictas até o momento. Com Tottenham e Arsenal fazendo partidas sólidas, parece que a corrida pelo título este ano será uma das mais abertas e emocionantes.

Os Blues precisam continuar ganhando, especialmente os jogos grandes, e ver quem pisca primeiro.

Tem sido um começo impressionante para os atuais campeões. Na pior das hipóteses, a equipe está repetindo o desempenho da última temporada.


                        City domina e vence o derby de Manchester

Estrela do jogo: Bernardo Silva

Incansável, Bernardo deu os passes para o primeiro e terceiro gols, e ainda participou da jogada do segundo.

Além disso, trabalhou duro e ajudou muito a equipe defensivamente.

O que isso significa…

O City segue na liderança da Premier League, dois pontos a frente do Liverpool e a quatro do Chelsea.

O que vem a seguir?

A última pausa internacional do ano significa que o City só volta a jogar daqui duas semanas, num sábado, contra o West Ham United, em Londres.