quote linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2017/18

Vídeo Fotogaleria

Arsenal Arsenal 0
Manchester City New Logo City 3

Arsenal 0x3 Man City

Arsenal 0x3 Man City

Premier League Emirates Stadium Att:58420 1 de março de 2018 19:45:00

Arsenal

0
0 - 3

Manchester City

3

Bernardo Silva 15'

David Silva 28'

Sané 33'

Árbitro
Andre Marriner
Matchday centre

Arsenal:

  • Cech
  • Mustafi
  • Bellerín
  • Kolasinac
  • Koscielny
  • Mkhitaryan
  • Xhaka
  • Özil
  • Ramsey
  • Welbeck
  • Aubameyang
Suplentes não utilizados
Chambers, Iwobi, El Sayed Elneny, Maitland-Niles, Holding, Nketiah, Ospina

Manchester City:

  • Ederson Moraes
  • Walker Zinchenko 72’
  • Dani
  • o
  • Kompany
  • Otamendi
  • Gündogan
  • De Bruyne
  • David Silva Gabriel Jesus 87’
  • Bernardo Silva
  • Sané
  • Agüero Touré 82’
Suplentes não utilizados
Stones, Laporte, Foden, Bravo

O Manchester City sobe 16 pontos na frente da tabela da Premier League

Pos Equipe PJ DG Pts
1 Manchester City 28 +62 75
2 Manchester United 28 +33 59
3 Liverpool 28 +33 57
4 Tottenham Hotspur 28 +29 55

Com um golaço do português Bernardo Silva e a defesa de pênalti do brasileiro Ederson, o City volta a vencer o Arsenal, no dia em que Guardiola completou a sua 100ª partida pelo City.
De regresso a Londres em primeiro lugar da tabela da Premier League, o City repetiu o feito de domingo, enquanto que do lado do Arsenal, Wenger procurava garantir um bom resultado, depois do seu lugar ter sido posto em causa.

O que aconteceu

Guardiola escolheu a dedo os jogadores para esta partida e, seria difícil ter apostado numa melhor equipe. Já do lado dos Gunners já se sabia que Wenger entraria com tudo.
Aos cinco minutos de jogo, ambas as equipes já tinham atacado, tanto Ederson como Cech foram obrigados a sair da sua baliza para cortarem a bola. O Arsenal entrou mais forte do que se mostrou na final da Copa da Liga, mas ainda havia muita bola para rolar.

O gol esteve perto do Arsenal quando Ramsey cruzou e Kompany cortou contra Ederson, logo depois Aguero viu o seu remate a passar junto à trave de Cech. Mas foi o City que chegou à vantagem, com um fabuloso golaço do português Bernardo Silva, com assistência de Sané. O internacional alemão passou pela defesa do Arsenal e entregou à direita em Bernardo, que com um remate em jeito, finalizou certeiro de pé esquerdo

O Arsenal respondeu de livre por Xhaka e o nosso guardião, Ederson Moraes fez uma defesa segura. Logo depois, Ederson foi chamado a serviço por Ramsey e o goleiro/guarda-redes não desiludiu. O City quis aumentar a vantagem e ao minuto 27', de novo, através de uma jogada individual de Sané, Aguero recebe do alemão e deixa para David Silva que faz o gol na cara de Cech. Dois a zero no Emirates Stadium, dois gols de "Silvas".

Com o bater da meia hora de jogo, Aguero colocou em De Bruyne, o internacional belga  descobre Walker e o lateral esquerdo mete na área no pé de Sané que só teve de encostar. Uma jogada fantástica de contra-ataque, coloca o City com três gols de vantagem no marcador.

O segundo tempo começou sem alterações para ambos os lados e com um jogo muito físico. O Arsenal entrou a pressionar mais e o City teve de se adaptar. Cinquenta minuto depois do apito inicial, Otamendi faz falta sobre o ponta do Arsenal na área do City. O árbitro apontou para a marca de pênalti e na conversão, Aubameyang chuta forte para o canto direito e Ederson salva com uma defesa fantástica.

O Arsenal quis mostrar ao City que jogava em casa e segurou mais o jogo, conseguindo dessa maneira subir a posse de bola, e a sua posição em campo. A equipe de Guardiola respondeu com trocas de bola constantes mas com muitas dificuldades com a pressão do Arsenal.

A partida manteve-se equilibrada, o City mantinha movimentos ofensivos mais organizados que o Arsenal mas não estava a ser fácil passar a última linha defensiva, Aguero conseguiu isso mesmo aos 75 minutos mas Peter Cech negou o gol ao argentino com uma fantástica defesa.

Ainda houve tempo para Gabriel Jesus entrar em campo a cinco minuto do apito final. Fim da partida no Emirates Stadium e o Manchester City voltou a derrotar a equipe de Wenger por três gols duas vez no espaço de quatro dias. A equipe de Guardiola segue rumo à conquista da Premier League, que pode estar garantida no início de Abril.

Momento do jogo

A fantástica defesa de Ederson que negou o gol ao Arsenal, foi o grande momento da partida.

Homem do jogo

Sané fez um gol e esteve envolvido diretamente nos três gols do City.

O que significa

A equipe de Guardiola segue em primeiro lugar com 75 pontos.

O que se segue

O próximo desafio é frente ao Chelsea, já este domingo no Etihad. Depois disso regressamos à Champions League frente ao Basileia, em casa também.

Notícias da equipe principal

Relato da Partida

Notícias da equipe principal

Arsenal v City: Coletiva de Pep

PRE-MATCH: Pep chats to journalists ahead of Arsenal away.

Raheem Sterling em dúvida para o jogo contra o Arsenal, pela Premier League.

Pep Guardiola com a habitual atualização do plantel!

Notícias da equipe principal

Pep: "Esta vitória não é minha, é do City"