quote linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2017/18

Vídeo Fotogaleria

Burnley FC Burnley 1
Manchester City New Logo City 1

Festejos do golaço de Danilo

Festejos do golaço de Danilo

Premier League Turf Moor Att:21658 3 de fevereiro de 2018 12:30:00

Burnley

1

Berg Gudmundsson 82'

1 - 1

Manchester City

1

Danilo 22'

Árbitro
Martin Atkinson
Matchday centre

Burnley:

  • Pope
  • Taylor
  • Long
  • Mee
  • Bardsley Lowton 45’
  • Hendrick
  • Lennon
  • Berg Gudmundsson
  • Cork
  • Vokes
  • Barnes
Suplentes não utilizados
Lindegaard, Westwood, O'Neill, Nkoudou, Arfield, Wells

Manchester City:

  • Ederson Moraes
  • Otamendi
  • Walker
  • Danilo
  • Kompany
  • Gündogan
  • De Bruyne
  • Fernandinho
  • Sterling Diaz 74’
  • Bernardo Silva
  • Agüero
Suplentes não utilizados
Adarabioyo, Laporte, Zinchenko, Touré, Bravo

O Manchester City deixou escapar dois pontos numa grande partida com muitas oportunidades de gol/golo

Pos Equipe PJ DG Pts
1 Manchester City 26 +55 69
2 Manchester United 26 +33 56
3 Liverpool 26 +28 51
4 Chelsea 26 +23 50

O Manchester City viajou até à casa do Burnley, este sábado para mais uma partida pela Premier League. Guardiola quer assegurar a conquista da Premier League o mais rápido possível e por isso apostou nos seus melhores jogadores quando se pensava que o treinador poderia dar descanso a alguns jogadores. O Burnley tem surpreendido e ocupa a sétima posição na tabela à frente de equipes como o Everton e o Leicester, apesar disso a equipe de Sean Dyce não vence à mais de cinco jogos. A partida acabou com um empate a uma bola, com gols/golos de Danilo e Gudmundsson.

O que aconteceu

O Burnley recebeu o Manchester City para a 26ª rodada pela Premier League. Guardiola levou para o jogo apenas 17 jogadores, o que foi justificado pelas palavras do treinador, como sendo os únicos que tinha disponíveis. Bernardo Silva foi chamado para começar de início pela quarta vez consecutiva, o capitão Kompany também regressou à titularidade.

Como nos tem acostumado, o Manchester City entrou em campo dominando o jogo e procurando segurar o resultado desde cedo. As primeiras oportunidades foram protagonizadas por Kompany, De Bruyne e Gundogan. Até que o brasileiro Danilo decidiu fazer uma obra de arte com o remate fortíssimo que só parou nas redes de Pope. O lateral arranjou espaço na entrada da área do Burnley e chutou com todas as suas forças, colocando a bola no ângulo e abrindo o marcador do jogo. A equipe da casa subiu no campo depois de sofrer o gol e começou a pressionar mais o City.

Ederson foi chamado à ação, quando já se contava meia hora no relógio de jogo, tendo negado o gol/golo a Mee. O goleiro já tinha sentido a bola muitas vezes, mas nos pés, Ederson continua a mostrar que é mais que um goleiro e pode ser um 5º defesa para trocar a bola. Até ao fim do primeiro tempo não houve grandes chances para nenhum dos lados. O Burnley pressionou mais mas a equipe do City continuou firme e seguiu para o intervalo na frente.

O segundo tempo começou sem alterações nas equipes com Sterling, Bernardo Silva e Aguero a tentarem muitas jogadas de grande qualidade em conjunto mas sem sucesso na finalização. Passados dez minutos, Danilo voltou a tentar fazer o mesmo gol, do mesmo sítio. O internacional brasileiro estava inspirado nessa partida e tendo já marcado, quis tentar o segundo que passou rente ao travessão de Pope.

O Burnley respondeu com mais pressão e um grande remate de Lennon que obrigou Ederson a fazer a defesa da noite e com a ajuda da trave. por esta altura a partida estava muito equilibrada com muita pressão dos dois lados. Sterling, que já decidiu nos últimos minutos, não conseguiu chegar à igualdade, com a baliza sem ninguém depois do cruzamento de Walker, o ala viu-se sozinho com o gol na sua frente, mas quando encostou, o chute saiu ao lado.

A equipe de Sean Dyce aproveitou e subiu ainda mais a pressão sobre o City, tendo chegado ao gol da igualdade a 10 minutos do apito final. Gudmundsson deu a melhor finalização ao cruzamento que lhe caiu nos pés e deixou Ederson sem chances de negar o gol. O City ainda tentou por várias vezes mas sem sucesso. Até ao apito final, a equipe de Guardiola tentou de tudo mas não conseguiu chegar na frente do marcador e perdeu pontos pela quarta vez na Premier League.

Momento do jogo

É claro que o golaço de Danilo foi o grande momento do jogo.

O que significa

O Manchester City segue no topo com 16 pontos de vantagem provisórios.

Homem do jogo

Danilo foi o melhor em campo com um golaço e mais algumas tentativas na sua melhor exibição desde que chegou ao City.

O que se segue

O próximo desafio vai ser no Etihad frente ao Leicester, no dia 10 de Fevereiro, sábado, pela Premier League. Depois disso seguimos para a Suíça e jogámos na casa do Basileia a primeira mão da próxima fase da Champions.

Notícias da equipe principal

Relato da Partida

Notícias da equipe principal

Burnley v City: Atualização do plantel

Notícias da equipe principal

ID Match screening LFC