Invicto no campeonato inglês e com 100% de aproveitamento no Etihad Stadium, o City venceu o Bournemouth por 3 a 1 neste sábado e lidera a Premier League cinco pontos à frente do segundo colocado Liverpool, que ainda tem um jogo a fazer.

Não foi, porém, uma partida exatamente fácil. Depois de abrir o placar no primeiro tempo, o City diminuiu o ritmo e deixou os visitantes empatarem antes do intervalo. Na etapa final, uma postura mais agressiva garantiu a 12ª vitória da equipe em 14 jogos neste campeonato inglês.

A partida, aliás, começou com quatro brasileiros e um português no time titular: Ederson, Danilo, Fernandinho, Gabriel Jesus e Bernardo Silva.

O que aconteceu?

Buscando manter os 100% de aproveitamento em casa nesta Premier League, o City começou o jogo como de costume, em cima do adversário.

Na primeira chegada ao ataque, com pouco mais de um minuto jogado, Leroy Sane avançou pela esquerda e cruzou na direção de Gabriel Jesus dentro da área, mas o goleiro Begovic defendeu a bola em dois tempos.

Logo em seguida o Bournemouth respondeu, aos três minutos. Fraser avançou pela direita e cruzou rasteiro. Wilson apareceu na pequena área do City, mas finalizou desajeitado por cima do gol de Ederson.

O jogo estava quente, mas o City logo controlou a partida.


                        City líder e imbatível!

Aos 10 minutos, após cruzamento da esquerda, Gabriel Jesus apareceu bem posicionado, livre no meio da área, mas não alcançou a bola.

Pouco depois, os Blues abriram o placar. Zinchenko fez ótimo lançamento para Sane dentro da área. O goleiro Begovic afastou parcialmente e, no rebote, Bernardo Silva teve calma para mandar para o fundo gol.


                        City líder e imbatível!

Parecia que o City logo mataria o jogo, como nas últimas partidas pelo campeonato inglês, mas, apesar de controlar a posse de bola (mais de 70% aos 30 minutos), o time da casa não levava muito perigo.

Na parte final da primeira etapa, o jogo mudou de figura. O Bournemouth passou a trocar mais passes e criar chances de gol. Aos 38, Wilson finalizou para defesa de Ederson. Aos 41, após cruzamento da direita, King chutou com força, mas a bola explodiu em Otamendi. Aos 43, o time visitante empatou. Francis recebeu na direita e cruzou na medida para Wilson, que cabeceou firme para superar o goleiro Ederson.

O primeiro tempo acabava com sabor amargo para o City.

Na volta do intervalo, o clima ficou tenso. Após fazer uma defesa, Ederson tentou repor a bola, mas foi atrapalhado, o que gerou bate-boca.

O City partiu para o ataque e, aos oito minutos, Sterling quase fez um golaço. O atacante inglês arrancou pela direita, invadiu a área e, depois de passar por quatro adversários, chutou mascado na trave de Begovic.

Atingido sem querer por Fernandinho no rosto, Zinchenko teve de deixar o campo para a entrada de Delph. Pouco depois, o City marcou mais um.

Sterling soltou na direita para Danilo, que chutou forte para defesa parcial de Begovic. No rebote, Sterling foi mais esperto e estufou a rede.

Sterling se igualou a Aguero e Aubameyang com oito gols na artilharia desta temporada da Premier League. Além disso, em seis jogos contra o Bournemouth com a camisa do City, Sterling marcou gol em todos – alcançando nove no total. É o primeiro jogador na história do campeonato inglês a conseguir esses números contra um mesmo adversário.


                        City líder e imbatível!

O jogo estava bom para o City, que queria matar logo a partida. Gabriel Jesus, de cabeça, obrigou Begovic a fazer boa defesa. Fernandinho, de pé esquerdo, chutou uma bola que passou muito perto do gol adversário.

O Bournemouth tentava responder. Aos 30 minutos, Wilson recebeu uma bola na pequena área do City, mas, no meio do tumulto, furou o chute.

Gabriel Jesus saiu para a entrada de David Silva – foram três finalizações do brasileiro no jogo, uma no alvo, defendida pelo goleiro Begovic.


                        City líder e imbatível!

Aos 34, o City ampliou. Sané invadiu a área após tabela com David Silva e cruzou para Gundogan empurrar de primeira para o fundo do gol.

Na reta final do jogo, o City ainda criou mais algumas chances de marcar, principalmente com Sane, que fez ótima partida. Mas, mesmo com a entrada de Mahrez no lugar de Bernardo Silva, o placar ficou em 3 a 1.

O que isso significa...

Com 12 vitórias e dois empates em 14 jogos, o City lidera a Premier League com 38 pontos, cinco à frente do Liverpool, segundo colocado, que joga o clássico contra o Everton no domingo (2/12). Em terceiro lugar com 30 pontos, o Tottenham enfrenta o Arsenal também no domingo.  

Estrela do jogo: Leroy Sane

Um gol e uma assistência. Sane jogou com muita disposição, driblando, fazendo boas jogadas e ajudando a equipe do City a construir o resultado.

Reação de Pep

A seguir...

O que vem a seguir?

O City volta a campo na terça-feira contra o Watford, fora de casa, pela Premier League, às 8pm (GMT). No próximo sábado, encara o Chelsea em Stamford Bridge, também pela Premier League, às 5.30pm (GMT), antes de receber o Hoffenheim pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, na quarta-feira dia 15 de dezembro, às 8pm (GMT).