Pep Guardiola avisou: esta temporada será mais difícil do que a anterior. Em jogo duro em Stamford Bridge, o City perdeu para o Chelsea por 2 a 0 e deixou a liderança da Premier League, que agora tem

A derrota significou também a queda de uma invencibilidade de 21 jogos.

Apesar do domínio apresentado na primeira etapa, o City pecou nas finalizações e viu o jogo mudar de figura após o primeiro gol do Chelsea – que, vale dizer, teve uma atuação bastante sólida no campo defensivo.


                        City perde invencibilidade em Londres!

O que aconteceu?

Precisando da vitória para voltar à liderança da Premier League, o City começou o jogo tentando pressionar a saída de bola do time da casa.

Logo nos primeiros minutos, os Sky Blues já dominavam a posse de bola e tentavam abrir a defesa adversária, que marcava com muita força. Aos oito, a primeira chance. Após contra-ataque, Bernardo Silva cruzou rasteiro para Sterling dentro da área, que finalizou nas mãos de Kepa. Aos 14, Sané invadiu a área, mas demorou a chutar e foi desarmado.

O City não dava espaço ao Chelsea e criava as melhores chances. O time da casa não levava perigo e passava a maior parte do tempo na defesa.

O jogo era duro, com muita marcação e poucos espaços.


                        City perde invencibilidade em Londres!

Pouco depois dos 30 minutos, o City teve duas ótimas chances com Sané, mas não conseguiu abrir o placar. Na primeira tentativa, o alemão teve chute bloqueado. Na segunda, a bola desviou e saiu para escanteio.

Parecia que o gol era questão de tempo para o City. Antes do intervalo, porém, o Chelsea fez 1 a 0 com Kanté, que chutou forte da entrada da área após assistência de Hazard. Gosto amargo para os Blues.

Na segunda etapa, com a vantagem no placar, o Chelsea teve mais calma para fazer seu jogo, enquanto o City não conseguia encontrar o caminho do gol, sofrendo com a forte marcação imposta pelo time da casa.

Willian, duas vezes, quase ampliou para a equipe de Londres.

Pep Guardiola então tirou Sané para a entrada de Gabriel Jesus. O City passou a pressionar e teve quatro escanteios em dois minutos, mas sem sorte na hora de colocar a bola na rede. Walker, aos dez minutos, quase empatou em cobrança de falta – o goleiro Kepa fez boa defesa no lance.

O jogo estava difícil, sem muitas oportunidades para o City, que mesmo assim não desistia. Pouco depois dos 30 minutos, porém, o Chelsea ampliou com David Luiz, que marcou de cabeça após escanteio.


                        City perde invencibilidade em Londres!

Hazard não participou muito do jogo, sempre bem marcado, mas deu o passe para o primeiro gol e cobrou o escanteio que originou o segundo.

Nos minutos finais, o City continuou lutando e criou algumas chances com Gabriel Jesus e Fernandinho, mas não era dia. Derrota em Londres.

O que isso significa...

A derrota em Stamford Bridge tira a invencibilidade e a liderança do City na Premier League, mas os Blues estão a apenas um ponto do líder Liverpool, que mais cedo havia vencido o Bournemouth por 4 a 0.

Na próxima rodada, enquanto o City recebe o Everton, o Liverpool encara o Manchester United. A briga pela liderança vai seguir quente!    

Reação de Pep

A seguir...

O que vem a seguir?

O City volta a campo no meio de semana, às 20h (18h BRT) de quarta-feira dia 12 de dezembro, para enfrentar o Hoffenheim no Etihad Stadium. O jogo é válido pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os Blues já estão classificados para as oitavas-de-final.

No próximo sábado, às 12h30 (10h30 BRT), o City volta a jogar pela Premier League, no Etihad Stadium, contra a equipe do Everton.