quote feed-section sponsor-promos cf show linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2018/19

Vídeo Fotogaleria

Arsenal Arsenal 0
Manchester City New Logo City 2

Bernardo Silva e Sterling entram na Premier League a marcar

Bernardo Silva e Sterling entram na Premier League a marcar

Premier League Att:59934 12 de agosto de 2018 15:00:00

Arsenal

0
0 - 2

Manchester City

2

Sterling 14'

Bernardo Silva 64'

Árbitro
Michael Oliver
Matchday centre

Arsenal:

  • Cech
  • Papastathopoulos
  • Maitland-Niles Lichtsteiner 35’
  • Bellerín
  • Mustafi
  • Mkhitaryan
  • Ramsey Lacazette 54’
  • Xhaka Torreira 70’
  • Özil
  • Guendouzi
  • Aubameyang
Suplentes não utilizados
Holding, El Sayed Elneny, Leno, Iwobi

Manchester City:

  • Ederson Moraes
  • Laporte
  • Walker
  • Stones
  • Mendy
  • Gündogan
  • Sterling Sané 87’
  • Mahrez De Bruyne 60’
  • Fernandinho
  • Bernardo Silva
  • Agüero de Jesus 79’
Suplentes não utilizados
Otamendi, Bravo, Kompany, Foden

O City começa cedo a defesa do título com gols de Sterling e Bernardo Silva

Pos Equipe PJ DG Pts
1 Liverpool 1 +4 3
2 Chelsea 1 +3 3
3 Bournemouth 1 +2 3
4 Crystal Palace 1 +2 3

Raheem Sterling e Bernardo Silva marcaram os gols da vitória do City por 2 a 0 sobre um renovado Arsenal, em um desempenho impressionante da equipe, tanto em estilo quanto em consistência.

O que aconteceu?

O City começou bem a partida e merecidamente abriu o placar com Sterling, que brilhantemente deixou dois adversários para trás na borda da área antes chutar forte de pé direito para o fundo do gol de Peter Cech. Levando em conta a pré-temporada mais curta que teve após a Copa do Mundo, a energia e entusiasmo de Sterling surpreenderam.

Foi um ótimo começo de temporada para ele e para o City. Ederson fez uma bela defesa em finalização de Hector Bellerin aos 24 minutos, para na sequência, após rápido contra-ataque, Aguero acertar a rede pelo lado de fora.

O City jogava com a mesma vibração que mostrou no último fim de semana, quando venceu o Chelsea, e o segundo gol quase saiu depois que Aguero foi derrubado na entrada da área por Sokratis. Riyad Mahrez bateu a falta e obrigou Cech a fazer difícil defesa no canto direito. No rebote, o goleiro teve agilidade para evitar o que seria o gol de Aymeric Laporte.

Mahrez teve outra chance de fazer seu primeiro gol pelo City três minutos antes do intervalo, quando chutou de esquerda uma bola curvada que passou perto da trave direita de Cech.

O City dominava a partida, mas Pierre-Emerick Aubameyang teve uma chance de empatar momentos depois. O atacante do Arsenal, porém, chutou de longe para fora. Alexandre Lacazette entrou em campo dez minutos após o intervalo, quando o time da casa tentava pressionar em busca do empate. O jogador teve a chance de marcar em seu primeiro toque, mas seu voleio passou longe. Aguero poderia ter ampliado a vantagem quando ficou cara a cara com Cech, mas o goleiro fez uma intervenção crucial.

Segundos depois, o City finalmente marcou mais um, em finalização espetacular de Bernardo Silva de primeira no canto superior da meta adversária. O desempenho errático do Arsenal não diminui os méritos do City.

A temporada começou como a passada terminou, com a equipe de Pep Guardiola indo para frente, mas sendo capaz de retardar o jogo e dominar a posse de bola quando necessário.

O time tem muitos talentos, mas conta também com notável perspicácia táctica e capacidade de controlar o jogo.

Homem do jogo: Bernardo Silva

A verdade é que havia vários candidatos, mas Bernardo Silva, mais uma vez, teve um desempenho de alta qualidade que encantou.

Seu gol coroou uma grande atuação.

City pronto para o bicampeonato?

Nenhuma equipe conseguiu manter o título da Premier League depois que o Manchester United venceu seu terceiro campeonato inglês seguido em 2009.

Nos últimos três anos, aliás, o vencedor do campeonato anterior terminou a competição fora das quatro primeiras colocações.

O jogo de hoje, no entanto, mostra que o City está pronto para quebrar essa tendência. Longe de mostrar a complacência que afetou os últimos campeões, a equipe parece mais focada e afiada do que nunca.

A vitória do último fim de semana em Wembley teve alguns momentos de brilhantismo, e o desempenho de hoje no Emirates não foi diferente. O City foi superior ao Arsenal em todos os quesitos. Os anfitriões devem melhorar gradualmente à medida que Unai Emery impõe seu estilo, mas nada deve ser tirado do City. Foi uma vitória sensacional.

A defesa do City diz tudo O desejo do City de jogar um futebol ofensivo não poderia ser melhor exemplificado do que pelos quatro defensores e pelo goleiro. Walker e Mendy são os laterais mais ofensivos do futebol inglês, com Walker, em particular, sendo devastador pelo lado direito. Stones e Laporte são dois centrais empenhados em levar a bola da defesa para o ataque infiltrando as linhas adversárias.

Atrás deles, um goleiro que poderia facilmente jogar na linha se necessário. Guardiola, inspirado por Johan Cruyff, almeja ganhar jogando bonito. O goleiro e os quatro defensores dizem tudo o que você precisa saber sobre sua filosofia.

Reação: Bernardo Silva 

Confira as reações do meia português que fez o segundo gol do City.

Próxima partida

O City recebe o Huddersfield no próximo domingo, no primeiro jogo da temporada no Etihad.

Notícias da equipe principal

Acompanhe a partida

Notícias da equipe principal

Foden está pronto para brilhar, diz Guardiola!

Notícias da equipe principal

Aguero ultrapassa os 200 gols e garante vitória!