quote linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2017/18

Vídeo Fotogaleria

Manchester City New Logo City 2
Donestsk PT FC Shakhtar Donetsk 0

PT

PT

Premier League Etihad Stadium 26 de setembro de 2017 18:45:00

Manchester City

2
2 - 0

FC Shakhtar Donetsk

0
Árbitro
Jorge Sousa
Matchday centre

Manchester City:

  • Santana de Moraes
  • Stones
  • Delph
  • Otamendi
  • Walker
  • De Bruyne
  • Silva
  • Luiz Rosa
  • Sané
  • de Jesus
  • Agüero
Suplentes não utilizados
da Silva, Sterling, Veiga de Carvalho e Silva, Touré, Bravo, Mangala, Gündogan

FC Shakhtar Donetsk:

  • Pyatov
  • Ordets
  • Rakitskiy
  • dos Santos
  • Butko
  • Barcellos Freda
  • Anício Caldeira Duarte
  • Romero Bonfim
  • Rodrigues de Paula Santos
  • Stepanenko
  • Ferreyra
Suplentes não utilizados
Shevchenko, Khotcholava, Kovalenko, Lourenco, Ferreira Bonfim, Petryak, de Azevedo

City vence a equipe ucraniana, com dois gols de De Bruyne e Sterling.

Esta terça-feira, o Manchester City recebeu o Shakhtar Donetsk no Etihad em mais um jogo para a Champions. O City entrou na partida como líder do Grupo F após a vitória por 4-0 frente ao Feyenoord. O Shakhtar Donetsk não se deixou impressionar, depois de ter batido o Napoli por 2-1. Ambas as equipes lideres nos seus respetivos campeonatos nacionais, entraram muito bem na partida e tudo apontava para um jogo muito equilibrado.

Nos primeiro 15 minutos, o jogo se manteve muito controlado, com ambas as equipes a tentarem criar oportunidades nas áreas contrárias mas sem sucesso. O Shakthtar Donetsk pressionou muito, aproveitando todas as oportunidades para atacar, enquanto o Manchester City assegurava a sua posse de bola.

A primeira grande oportunidade para o City surgiu ao minuto 29’, pelo pé de De Bruyne depois do passe perfeito de Gabriel Jesus. Logo de seguida Marlos obriga Ederson a uma grande defesa.

A partida se manteve muito equilibrada, com as duas equipes fazendo muita troca de bola e assegurando a posse da mesma, enquanto tentavam furar a defesa contrária. Ao minuto 40’, Leroy Sané teve o gol nos seus pés depois de passar pela defesa do Shakhtar e ficar frente a frente com o guarda-redes/goleiro.

O primeiro tempo acabou com um resultado justo (0-0). Ambas as equipes tiveram boas oportunidades de gol mas nenhuma conseguiu marcar. O City esteve mais perto do gol mas o Shakthar conseguiu pressionar mais. Muito equilibrada a partida no Etihad.

O segundo tempo começou sem alterações nas equipes e com a mesma intensidade de jogo. Até que, ao minuto 48’, depois de um passe de David Silva, De Bruyne fez um gol impressionante com um remate em jeito à entrada da área. A partir daí, o Manchester City foi ganhando confiança.

A primeira substituição foi para o City ao minuto 54’, Sterling substitui Gabriel Jesus e logo de seguida há uma grande oportunidade para Aguero, depois do passe de génio de David Silva, valeu a grande defesa do goleiro Andriy Pyatov.

Mesmo com uma equipe mais defensiva, o Manchester City se manteve no ataque tentando fazer mais um gol, com uma grande oportunidade de Raheem Sterling ao minuto 69’.  Logo de seguida Ivan Ordets carrega Leroy Sané na área e o árbitro português Manuel Jorge Sousa marca grande penalidade. Aguero cobra o penalti ao minuto 72’, mas o guarda-redes/goleiro Pyatov fez uma grande defesa, negando o gol ao argentino.

Com apenas quinze minutos para o apito final, as duas equipes se mantinham muito atacantes, o Shakthar a procurar o empate e o City a tentar aumentar a vantagem. David Silva que esteve muito apagado no primeiro tempo, é substituído ao minuto 80’ por Ilkay Gundogan que mostrou já estar recuperado.

O internacional português Bernardo Silva entra ao minuto 84’, substituindo Sergio Aguero que sai de campo com muitos aplausos dos adeptos. O City continuou mais forte, segurando a posse de bola e criando oportunidades de gol flagrantes. A um minuto dos 90’, Sterling faz gol, depois de assistência de Bernardo Silva.

Numa noite em que os fãs do Manchester City esperavam mais uma goleada, o Shakhtar Donetsk mostrou porque razão está presente na Champions. A equipe liderada por Paulo Fonseca nunca desistiu apesar dos dois gols sofridos. Foi uma partida muito equilibrada em que ambas as equipes mostraram porque são lideres de seus campeonatos.

Momento chave

Depois do gol de Kevin De Bruyne e da substituição de Gabriel Jesus, o Manchester City criou mais oportunidades e segurou o jogo.

Homem do Jogo

Sem dúvida, Kevin De Bruyne. O belga foi uma peça fundamental nesta partida e fez um gol espectacular.

O que significa?

O City garante a sua estadia em primeiro lugar no Grupo F da Champions.

O que se segue?

No próximo sábado estamos de viagem até Londres, para enfrentar o Chelsea no Stamford Bridge. Depois temos pausa na Premier League e o City só volta a jogar dia 14 de Outubro contra o Stoke City.

Notícias da equipe principal

Como assistir ao City v Shakhtar Donetsk

Notícias da equipe principal

Guardiola: "Temos de ser cautelosos"

Notícias da equipe principal

Fernandinho: "Shakhtar irá atacar"

Fernandinho que esteve ao serviço do Shakhtar entre a temporada 2005 a 2013, acredita que a equipe ucraniana chegará ao Etihad, com uma mentalidade de ataque.