Manchester City vence o Napoli por 2-1 para a Champions e assegura a liderança do Grupo F depois de 3 vitórias consecutivas na competição

Numa noite que começou com um pôr do sol fora do normal em Manchester, ao que parece devido aos incêndios em Portugal e Espanha, o Manchester City líder do Grupo F da Champions, recebeu o Napoli no Etihad.

Ambas as equipes estão a ter um início de temporada quase perfeito, o Napoli é líder na Liga italiana e ainda só perdeu um partida em todas as competições. O City também é líder na Premier League e em todas as competições, só o Everton conseguiu tirar pontos à equipe de Guardiola. Com o Etihad cheio, tudo apontava para uma noite épica em Manchester. Aguero voltou a ficar de fora do onze inicial e Gabriel Jesus assumiu o ataque.  

O que aconteceu:

A partida começou com a duas equipes muito seguras e procurando muito a bola. Com o City tentando segurar a posse como nos tem habituado e o Napoli tentando recuperar.

Esta disputa não demorou muito, o primeiro gol surgiu pelo pé de Sterling ao minuto 9’ depois de excelente desmarcação de David Silva, este recebe a bola de Sané e cruza para Walker que remata contra o defesa do Napoli e Sterling na recarga faz gol. De repente outro gol do grande Gabriel Jesus, De Bruyne fez o cruzamento direto para o pé de Gabriel Jesus que foi só encostar às redes da baliza do Napoli com apenas 13 minutos no relógio da partida. 

Com 20 minutos passados no Etihad, o City mantinha a posse de bola, com 66% para 34% do Napoli, e  equipe de Guardiola sempre a tentar furar a defesa do Napoli apesar de já ter feito dois gols. O Napoli ia ficando reservado à sua grande área com os sucessivos ataques do City, destaque para o potente remate em jeito de Kevin De Bruyne que fez tremer o travessão.


                        City assegura liderança isolada no Grupo F

Com 15 minutos para jogar até ao final do primeiro tempo, o Napoli subiu a pressão sobre o City e com isso conseguiu recuperar alguma posse de bola. Ainda sem nenhum remate à baliza de Ederson, Walker fez falta na pequena área sobre Albiol e na conversão, Mertens rematou forte mas Ederson mostrou porque merece a titularidade e defendeu o pênalti.

O primeiro tempo acabou com o City vencendo por 2-0 no Etihad, e com dois cartões amarelos na equipe do City (Walker e De Bruyne). Grande destaque para a defesa de Ederson, para a bola no travessão de De Bruyne e claro para os dois gols, um de Gabriel Jesus e outro de Sterling. Em relação ao Napoli, precisava de fazer mais se queria levar alguma coisa de Manchester.


                        City assegura liderança isolada no Grupo F

O segundo tempo começou com um Napoli mais atrevido fazendo ainda mais pressão alta sobre o City. Apesar de arrojado, era o City que criava mais chances, mas sem oportunidades flagrantes para nenhum dos lados.


                        City assegura liderança isolada no Grupo F

Numa noite que prometia uma grande partida, o City começou muito forte mas depois de fazer os dois gols, acalmou um pouco. O segundo tempo foi muito renhido, com oportunidades para as duas equipes e com um Napoli que não tinha sido visto no primeiro tempo. Apesar disso a equipe de Maurizio Sarri só conseguiu reduzir a vantagem através de grande penalidade.

Momento chave:

Depois de Ederson ter negado o gol a Albiol na conversão do penalti, o Napoli apertou com o City e entrou no segundo tempo mais forte, obrigando o City a recuar na posse de bola e nas oportunidades de gol. 


                        City assegura liderança isolada no Grupo F

Homem do Jogo:

Mais um vez Kevin De Bruyne, o meia belga continua imparável.

O que significa?

O City continua no topo do Grupo F na Champions. O Napoli passa para terceiro lugar depois do Shakhtar ter batido o Feyenoord por 2-1.

O que se segue?

Próxima partida é já no sábado dia 21 de uutubro, para a Premier League frente ao Burnley.