quote linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2017/18

Vídeo Fotogaleria

Manchester City New Logo City 3
Arsenal Arsenal 1

KDB e Sané festejam o primeiro gol

KDB e Sané festejam o primeiro gol

Premier League Etihad Stadium 5 de novembro de 2017 14:15:00

Manchester City

3

De Bruyne 19'

Agüero 50' (pen)

Jesus 74'

3 - 1

Arsenal

1

Lacazette 65'

Árbitro
Michael Oliver
Matchday centre

Manchester City:

  • Ederson
  • Delph
  • Otamendi
  • Walker
  • Stones
  • Silva
  • Fernandinho
  • De Bruyne
  • Sterling Gündogan 78’
  • Sané Bernardo Silva 87’
  • Agüero de Jesus 62’
Suplentes não utilizados
Danilo, Touré, Bravo, Mangala

Arsenal:

  • Cech
  • Monreal
  • Koscielny
  • Coquelin Lacazette 56’
  • Kolasinac
  • Ramsey
  • Xhaka Giroud 78’
  • Bellerín
  • Iwobi Wilshere 78’
  • Sánchez
  • Özil
Suplentes não utilizados
Macey, Walcott, El Sayed El Neny, Debuchy

O Manchester City garante a sua 15ª vitória da temporada frente a um Arsenal muito apagado

Pos Equipe PJ DG Pts
1 Manchester City 11 +31 31
2 Manchester United 11 +18 23
3 Tottenham Hotspur 11 +13 23
4 Chelsea 11 +9 22

Manchester City recebeu o Arsenal no Etihad, na 11ª rodada/jornada da Premier League. O historial de confrontos diretos disputados neste estádio, favorece a equipe da casa, que nos últimos quatro encontro com os Gunners ganhou duas, empatou uma e perdeu outra.

No total de 40 partidas entre o City e o Arsenal na Premier League, o City apenas conta com 7 vitórias para 23 do Arsenal, mas a equipe de Guardiola tem vindo a rescrever a história do clube esta temporada e hoje não seria diferente.

O Manchester City já conta com nove vitórias, um empate e 29 gols na Premier League, o que faz com que seja a equipe com o melhor arranque de sempre na Liga Inglesa!

O que aconteceu?

O apito inicial foi às 14h15 debaixo de um Sol invulgar em Manchester e de casa cheia, ingredientes necessários para um clássico no Etihad.

Primeira oportunidade de gol da partida surgiu cedo, com três minutos no relógio da partida, Sterling iniciou o contra-ataque depois de escanteio/canto do Arsenal, e entregou para Aguero que falhou em frente à baliza. Apenas sete minutos depois, oportunidade flagrante para Sterling, depois de grande passe em desmarcação de Aguero, Sané recebe e cruza para Sterling que não conseguiu encostar para gol por milímetros.

No entanto, não faltou muito até surgir o primeiro gol do City, a equipe de Guardiola encostou o Arsenal à sua área desde do início da partida. Kevin De Bruyne fez um grande gol ao minuto 17’ com uma iniciativa individual após assistência de Fernandinho, passou pela defesa do Arsenal e a bola só parou no fundo da baliza de Cech.

Com 30 minutos jogados no Etihad, o City segurava a partida com quase 70% de posse de bola. A equipe de Wenger praticamente não saía do seu meio-campo e o City era o único time com iniciativas claras e suficiente para vencer a partida e o ataque liderado por Aguero já tinha falhado três ou quatro oportunidades flagrantes.

O primeiro tempo chegou ao fim com 1-0 no marcador. Um grande gol de Kevin De Bruyne e uma grande exibição para a equipe do City. Do lado do Arsenal, a linha defensiva esteve bem e só não conseguiu fazer mais por causa da qualidade da equipe de Guardiola.

O segundo tempo começou sem alterações nas equipes, e rapidamente o City começou a pressionar o Arsenal. E apenas três minutos depois, Sterling é derrubado na área e o árbitro Mike Jones dá grande penalidade à equipe de Manchester. Na conversão, Aguero assegurou o segundo do City.

A primeira mexida na equipe de Guardiola surgiu ao minuto 61’, Aguero foi substituído por Gabriel Jesus. Tudo se mantinha igual no Etihad, 2-0 para o City e um Arsenal muito apagado. Aos 64’ o Arsenal chegou ao gol através de Lacazette que surgiu sozinho frente a Ederson, rematou baixo e em jeito, o que atraiçoou o goleiro brasileiro.

O 3-1 surgiu pelo pé de Gabriel Jesus, depois de alguma confusão na área do Arsenal. No momento do passe em desmarcação de Fernandinho, ambas as equipes acharam que David Silva estava fora de jogo, mas o internacional espanhol acreditou e meteu a bola em Gabriel Jesus que só teve de encostar.

Com 10 minutos restando para o apito final no Etihad, o Arsenal tentava subir no campo mas o City não deixava. Ainda houve tempo para o português Bernardo Silva entrar em campo e acrescentar mais uns minutos à sua história na Premier League.

Final da partida no Etihad e mais uma grande vitoria para o City. Numa tarde em que se adivinhava um jogão, a equipe de Guardiola esteve numa forma fantástica e escreveu mais uma página na história do clube e da Premier League. O Arsenal não foi feliz mas também, todas as estatísticas apontavam para este resultado.

O Homem do Jogo

Kevin De Bruyne foi o homem do jogo sem grande surpresa. O internacional belga continua com as suas fantásticas exibições.

O que significa

O City segue líder isolado da Premier League com 31 pontos.

O que se segue?

Próxima semana temos pausa internacional e o Manchester City volta aos relvados dia 18 de Novembro, frente ao Leicester City para a Premier League.

Notícias da equipe principal

Man City vs Arsenal: Relato da Partida

Notícias da equipe principal

Gabriel Jesus: "A boa disposição é para continuar"

Notícias da equipe principal

Coletiva de Pep: City v Arsenal