quote linkedin dugout

Crônica da partida | Season 2016/17

Vídeo Fotogaleria

Manchester City New Logo City 0
United United 0

GJ Derby

GJ Derby

Premier League Etihad Stadium Att:54176 27 de abril de 2017 19:00:00

Manchester City

0
0 - 0

Manchester United

0
Árbitro
Martin Atkinson
Matchday centre

Manchester City:

  • Bravo Caballero 79’
  • Zabaleta
  • Kolarov
  • Otamendi
  • Kompany
  • Luiz Rosa
  • De Bruyne
  • Sterling de Jesus 86’
  • Sané Navas 80’
  • Touré
  • Agüero
Suplentes não utilizados
Sagna, Reges, García Serrano, Clichy

Manchester United:

  • de Gea
  • Bailly
  • Valencia
  • Darmian
  • Blind
  • Herrera
  • Carrick
  • Fellaini
  • Martial Lingard 80’
  • Rashford Young 93’
  • Mkhitaryan Fosu-Mensah 86’
Suplentes não utilizados
Shaw, Tuanzebe, Rooney, Romero

Gabriel Jesus regressou da sua lesão para grande dérbi e ainda marcou um gol, que foi no entanto anulado.

Pos Equipe PJ DG Pts
1 Chelsea 26 +36 63
2 Tottenham Hotspur 26 +32 53
3 Manchester City 25 +22 52
4 Arsenal 25 +26 50

Dérbi é sempre dérbi e o de Manchester, é sem dúvida eletrizante. José Mourinho e Pep Guardiola voltaram a estar frente a frente, mas desta vez o jogo terminou sem gols.

A grande surpresa da noite chegou com a convocação de Gabriel Jesus, que apesar de estar no banco de reservas, fez as delícias dos milhares de adeptos do City, que aguardavam pelo seu regresso com grande expectativa.

O primeiro tempo serviu para o City criar sucessivas oportunidades de gol. Sergio Aguero insistia e pressionava na área dos Reds, mas os homens de José Mourinho, permaneciam bem organizados e coesos na defesa. Antes dos primeiros dez minutos, já Sergio Aguero tinha acertado na trave. O argentino estava com sede de gols. Kevin De Bruyne, Leroy Sané e Raheem Sterling apoiavam e elaboravam jogadas perigosas, tentando vários disparos à baliza de De Gea.

Derby action

O City dominou o primeiro tempo e à exceção da pressão de Rashford na direita, os visitantes não conseguiram fazer grandes ameaças à baliza de Bravo.

No segundo tempo o City continuou a pressionar, mas os jogadores do Manchester City fechavam bem o cerco, dentro da área. A intensidade aumentava, bem como a esperada e visível tensão.

Os homens de Guardiola comandavam o ataque e o United, pouco respondia. Aos 75 minutos Claudio Bravo sentiu uma forte dor na panturrilha/gémeo e acabou por sair de maca. Caballero entrou em campo e logo de imediato, Jesus Navas substituiu Leroy Sané. Do lado oposto, Martial deu lugar a Lingard e ambas as equipes procuravam finalmente ver resultados, com as mudanças.

Sterling attacks

Até que aos 82 minutos Fellaini comete uma dura falta sobre Aguero e vê o amarelo, um minuto depois o jogador belga envolve-se num confronto com o argentino e acaba por ser expulso, por acumulação de cartões.

A cinco minutos dos 90, Guardiola coloca Gabriel Jesus, para grande alegria dos milhares de fãs, que aguardavam com euforia, pelo regresso do jovem craque.

Gabriel entrou, brilhou e marcou. A sua energia continua contagiante e a sua presença intimidante. Rápido e ágil, o único gol da partida teve a autoria do brasileiro que, no entanto, viu o seu gol anulado, por estar em posição irregular.

Gabriel Jesus voltou e com ele, o seu encanto e esplendor.

Domigo há mais!

Homem do Jogo

Sergio Aguero

O que significa?

O City ocupa o quarto lugar da Premier League com menos um ponto, face ao Liverpool e mais dois que o United, em quinto.

O que se segue?

Domingo o City enfrenta o Middlesbrough, que luta para não descer de divisão. 

Crônica da partida

Chegou ao fim o sonho do City na FA Cup

Crônica da partida

Southampton 0-3 Man City

Vincent e Silva celebram o gol do capitão

O que aconteceu? Com Vincent Kompnay de regresso à titularidade, o City entrou no jogo com o objetivo de regressar a Manchester com os três pontos. Sergio Aguero foi o primeiro a ameaçar a baliza da equipe da casa. Logo aos dois minutos o argentino recebe um cruzamento de Clichy dentro da área, mas não consegue controlar bem a bola, antes do remate. Um minuto depois, o argentino remata pela direita, de olhos virados para o canto esquerdo da partida, mas a bola volta a sair fora. Sergio Aguero shoots O City assumiu o controle da posse de bola em casa do Southampton, procurando de forma persistente, pelo gol da vantagem. No entanto teria de esperar até ao segundo tempo para festejar. Durantes os primeiros 45 minutos, o City pressionou e procurou por espaço, no entanto o Southampton provou ser um adversário renhido, não permitindo aos homens de Guardiola, grandes chances. O City subia no terreno, mas os Saints souberam responder. Destaque para o espanhol Jesus Navas, Vincent Kompany, Nicolás Otamendi, Fernandinho e Sergio Aguero que não poderia sair de campo sem deixar um gol. Sergio Aguero on the attack Uma das grandes oportuinidades durante o primeiro tempo, surgiu aos 37 minutos, quando Aguero cruza pela esquerda em direção a David Silva na área, no entanto o remate do espanhol acabou por sair fora. Um minuto depois Leroy Sané tentou a sua sorte. O jovem alemão procurou passar por Forster na baliza, mas acabou por cair na área antes de conseguir o remate para o gol. Ainda houve tempo para um pequeno susto, já ao cair do pano, quando Aguero sofreu uma dura entrada de Redmond. O segundo tempo começou com ritmo e uma ameaça de Yaya Touré à baliza do Southampton, ao qual Forster estava atento. Até que aos 55 minuto, Vincent Kompany de cabeça, abriu o placar, após um canto/escanteio convertido por David Silva. Após um longo período em recuperação, o capitão de equipe afirmou estar de volta, dando a merecida vantagem à sua equipe. Kompany celebrates O Southampton mexeu no plantel, com esperanças de encontrar o gol do empate. O jogo ganhava mais intensidade, até que aos 76 minutos Leroy Sané marcou o segundo do City. Uma fantástica jogada de Silva para De Bruyne, deu ao belga a possibilidade de assistir Sané, em mais um gol brilhante, com finalização percisa de pé esquerdo fazendo o seu nono gol da temporada. Ainda os fãs do City celebravam o segundo gol, quando Sergio Aguero surpreendeu com o terceiro, mais uma vez com assistência de Kevin De Bruyne. Este é o 11º gol do argentino em 11 partidas consecutivas. Com esta vantagem confortável e a 10 minutos para os 90, já pouco ou nada o Southampton poderia fazer. Leroy Sane is brought down Pep Guardiola aproveitou para colocar Raheem Sterling, Pablo Zabaleta e Kelechi Iheanacho, para os últimos minutos de jogo. Homem do Jogo Os fãs do ManCityPT na conta do Twitter, elegeram Kevin De Bruyne como o “Melhor Jogador em Campo”. Kevin De Bruyne attacks Com duas brilhantes assistências, ritmo, adrenalina e dedicação, o belga volta a captar as atenções da torcida. O que significa? O City ocupa o terceiro lugar da tabela da Premier League, ao lado do Liverpool com 64 pontos e isola-se do Everton (5º), United (6º) e Arsenal (7º). O que se segue? No próximo domingo dia 23 de abril, o City enfrenta o Arsenal em Wembley nas semifinais da FA Cup. Os homens de Guardiola, procuram por um lugar na final da Copa da Inglaterra. No dia 27 de abril é dia de derby, na Premier League. O City recebe o United, no Etihad.

Os gols de Vincent Kompany, Leroy Sané e Sergio Aguero, garantiram os três pontos em casa dos Saints.

Crônica da partida

Man City 3-1 Hull

AGUERO Gol contra Hull

City vence o Hull de forma confortável, no Etihad!

O Manchester City conquista três pontos, num agradável jogo de futebol no Etihad!