Gabriel Jesus regressou da sua lesão para grande dérbi e ainda marcou um gol, que foi no entanto anulado.

Dérbi é sempre dérbi e o de Manchester, é sem dúvida eletrizante. José Mourinho e Pep Guardiola voltaram a estar frente a frente, mas desta vez o jogo terminou sem gols.

A grande surpresa da noite chegou com a convocação de Gabriel Jesus, que apesar de estar no banco de reservas, fez as delícias dos milhares de adeptos do City, que aguardavam pelo seu regresso com grande expectativa.

O primeiro tempo serviu para o City criar sucessivas oportunidades de gol. Sergio Aguero insistia e pressionava na área dos Reds, mas os homens de José Mourinho, permaneciam bem organizados e coesos na defesa. Antes dos primeiros dez minutos, já Sergio Aguero tinha acertado na trave. O argentino estava com sede de gols. Kevin De Bruyne, Leroy Sané e Raheem Sterling apoiavam e elaboravam jogadas perigosas, tentando vários disparos à baliza de De Gea.

Derby action

O City dominou o primeiro tempo e à exceção da pressão de Rashford na direita, os visitantes não conseguiram fazer grandes ameaças à baliza de Bravo.

No segundo tempo o City continuou a pressionar, mas os jogadores do Manchester City fechavam bem o cerco, dentro da área. A intensidade aumentava, bem como a esperada e visível tensão.

Os homens de Guardiola comandavam o ataque e o United, pouco respondia. Aos 75 minutos Claudio Bravo sentiu uma forte dor na panturrilha/gémeo e acabou por sair de maca. Caballero entrou em campo e logo de imediato, Jesus Navas substituiu Leroy Sané. Do lado oposto, Martial deu lugar a Lingard e ambas as equipes procuravam finalmente ver resultados, com as mudanças.

Sterling attacks

Até que aos 82 minutos Fellaini comete uma dura falta sobre Aguero e vê o amarelo, um minuto depois o jogador belga envolve-se num confronto com o argentino e acaba por ser expulso, por acumulação de cartões.

A cinco minutos dos 90, Guardiola coloca Gabriel Jesus, para grande alegria dos milhares de fãs, que aguardavam com euforia, pelo regresso do jovem craque.

Gabriel entrou, brilhou e marcou. A sua energia continua contagiante e a sua presença intimidante. Rápido e ágil, o único gol da partida teve a autoria do brasileiro que, no entanto, viu o seu gol anulado, por estar em posição irregular.

Gabriel Jesus voltou e com ele, o seu encanto e esplendor.

Domigo há mais!

Homem do Jogo

Sergio Aguero

O que significa?

O City ocupa o quarto lugar da Premier League com menos um ponto, face ao Liverpool e mais dois que o United, em quinto.

O que se segue?

Domingo o City enfrenta o Middlesbrough, que luta para não descer de divisão.