Bernardo Silva ficou feliz em deixar o Old Trafford com uma vitória por 3 a 1, mas considera que o City poderia ter definido o confronto já no primeiro tempo.

Com os atuais campeões em seu melhor e o United nas cordas, o City teve pelo menos duas chances claras de marcar quando o placar já estava 3 a 0, mas o português - brilhante durante toda a partida - se disse feliz com a vitória.

“Os primeiros 45 minutos foram muito bons e poderíamos ter ido para o intervalo ganhando por quatro ou cinco, pois perdemos algumas chances”, disse Bernardo.

“O segundo tempo foi muito difícil para nós - eles começaram a pressionar mais alto, tentaram controlar o jogo, e nós cansamos no final. Mas sim, acho que no geral foi um bom desempenho”.

Com Bernardo acostumado a jogar na ponta direita, ele admitiu que gostou de atuar numa posição mais central contra o United.

Bernardo fez um golaço aos 16 minutos e ainda deu uma assistência para Riyad Mahrez marcar o segundo.

“Gostei da posição porque ganhamos e porque funcionou”, disse ele.

“Pep queria mais homens no meio e é por isso que ele me colocou ali. Felizmente as coisas correram em nosso caminho”.

“Nunca é fácil vir aqui contra um dos melhores times da Inglaterra e da Europa e ganhar por 3 a 1, mas nós fizemos isso”.

“Ficamos desapontados com a derrota para o United no mês passado porque não é normal para nós perder em casa. Espero que os torcedores se sintam recompensados”.

Kyle Walker, também com grande atuação, concordou com a opinião de Bernardo sobre o jogo, acrescentando: “O primeiro tempo foi ótimo. Eles voltaram lutando na segunda metade e mudaram seu sistema, pois estavam perdendo por 3 a 0. Mas fomos bem, conquistamos o resultado que precisávamos e agora é esperar o jogo de volta no Etihad”.