Pep Guardiola disse que seus jogadores fizeram tudo o que puderam contra o Crystal Palace, apesar do empate.

O City saiu atrás do placar e liderou por 2-1 nos minutos finais, mas foi pego de surpresa aos 90 minutos, concedendo o empate.

Os campeões estão agora 13 pontos atrás do Liverpool, que tem dois jogos a menos.

"Tentamos fazer tudo", disse o chefe do City. "O espírito estava lá. Nós tentamos e tentamos. Viramos e é uma pena termos perdido pontos assim. Mas futebol é isso aí."

“Sofremos um pouco nos primeiros 10 minutos do segundo tempo. Voltamos sem pensar muito no que tínhamos que fazer."

“Acho que fizemos tudo o que foi possível. Atacamos, cruzamos e batemos escanteios para a área. Eles não fizeram muito, mas também ganharam um ponto."

“Sabíamos que seria difícil. Na última temporada, quando nos derrotaram, foi igual."

“Eles tiveram duas, três chances e marcaram. Em geral, controlamos os jogos contra eles, mas você deve evitar erros."

"Você não deve permitir que Zaha corra contra você, mas nós fizemos e depois que concedemos um gol."

Perguntado se ele havia usado uma formação mais familiar contra o Palace, Pep disse: "Não, hoje jogamos da mesma forma que contra o Aston Villa, com Mendy atacando pela esquerda e jogadores no meio".

Sobre a decisão de penalidade anulada, Pep disse: "Não conheço a regra das mãos. Parece que foi mão, mas ... "

E na inevitável questão da corrida pelo título, o Catalão respondeu: "Talvez eu assista ao Sheffield United, não sei. Eu já respondi a essa pergunta muitas vezes."