Pep Guardiola se recusou a criticar seus jogadores após a derrota por 2 a 0 para o Tottenham.

O City dominou o jogo por longos períodos, perdeu um pênalti e acertou a trave duas vezes, além de ter finalizado 18 vezes contra apenas três do time de Londres.

Em outro dia, o City teria levado os três pontos para casa.

“Como posso criticar meus jogadores?”, Disse Pep. “Jogamos bem, mas perdemos o jogo”.

“Eles chegaram duas vezes e marcaram dois gols. Não tenho muitas coisas a dizer sobre o nosso desempenho”.

“Isso já aconteceu antes, contra o United, quando eles criaram pouco e nós criamos muito, mas não marcamos”.

“Não podemos dizer que, como equipe, nós não somos capazes de marcar gols, porque marcamos muitos. Nessa situação, a única coisa que podemos fazer é jogar melhor e ser mentalmente mais fortes”.

“Temos que aceitar e trabalhar. Precisamos analisar isso. Futebol é criar chances e conceder algumas”.

“Eu sempre acredito nesse conceito, se você fizer isso, estará perto de ganhar os jogos. Algumas vezes aconteceu nesta temporada, mas não hoje”.

O catalão apontou o cartão vermelho de Oleksandr Zinchenko como o ponto de virada da partida, acrescentando: “Esse foi um momento chave. Foi difícil mentalmente para a equipe. Falamos no intervalo para ter cuidado com os cartões amarelos”.

“Criar mais e ceder alguns - é o único jeito que conheço”.

“Jogamos para ganhar o jogo. Não senti falta de desejo de vencer. O resultado é o resultado”.

Sobre a lesão de Raheem Sterling, o treinador disse: “Não sei, não falei com ninguém sobre a lesão”.