O treinador do City, Pep Guardiola, espera que Raheem Sterling esteja pronto para enfrentar o Real Madrid na quarta-feira.

O atacante está afastado há três semanas após sofrer uma lesão na derrota contra o Tottenham.

Sterling voltou a treinar na sexta-feira, mas não atuou na vitória contra o Leicester. Apesar disso, Guardiola se mostrou confiante de que o jogador, que já marcou 20 gols nesta temporada, estará disponível para a partida de ida das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões no Bernabeu.

“Acho que sim, ele está quase pronto”, disse Guardiola ao ser perguntado sobre as condições de Sterling para o jogo de quarta-feira.

“Este tipo de lesão é um pouco perigoso. Ele se sente muito bem, mas o médico diz três semanas e não queremos correr nenhum risco”.

“Queremos que ele esteja bem para o jogo de ida e também para a volta”.

“Sem qualquer chance de ganhar a Premier League, é melhor não correr risco quando não precisamos”.

O City venceu o Leicester por 1 a 0 no King Power, um resultado que nos deixa a sete pontos da equipe de Brendam Rodgers, terceira colocada.

Gabriel Jesus entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória, seu 17º nesta temporada.

Guardiola foi só elogios ao brasileiro, que na vitória da última quarta-feira contra o West Ham acabou desperdiçando algumas chances.

“Queríamos vencer”, disse Pep. 

“O Gabriel sempre traz intensidade. Ele perdeu três chances claras contra o West Ham porque não chutou, e hoje foi diferente”.

“É isso que eu quero dos atacantes. Vá e chute”.

“Fazemos substituições para o melhor da equipe”.

“Nós [treinadores] somos brilhantes quando eles marcam, e não somos brilhantes quando eles não marcam - mas não funciona dessa forma”.

“Os treinadores fazem substituições para melhorar a equipe, para fazer algo que pode adicionar ao grupo, evitar erros. Sempre existe uma ideia”.