Pep Guardiola elogiou o meia belga após um ótimo primeiro tempo

O belga perdeu muitos jogos da última temporada, tendo jogado apenas 32 vezes em todas as competições somadas - e retornou a tempo de ser o Homem do Jogo na final da FA Cup, em maio.

Na tour asiática, ele retormou de onde havia parado: uma boa performance contra o Wolverhampton, que se não foi o suficiente para vencer a partida, arrancou elogios do chefe.

"Ele foi top", disse. "Infelizmente, na última temporada, sentimos muito sua falta. Fomos incrivelmente bem sem ele, mas somos mais fortes consigo."

"Na última temporada, nós não tivemos dias livres. Esse time agora teve time para descansar. Espero que ele chegue no seu nível máximo. Ele é muito positivo mentalmente. Fez um primeiro tempo incrível, muito bem."

Os passes impecáveis de De Bruyne deram as caras novamente, com direito a um meio-voleio de um lado do campo a outro para achar Leroy Sané.

"Ele é um cara que gosta de jogar futebol - um grande competidor. Ele nunca perde a confiança em si mesmo".

"Pela condição física e não se machucar - isso é o mais importante para ele hoje. Ele é um jogador incrível."