Pep Guardiola confia que seus jogadores estão em boas codições físicas para o primeiro jogo da Premier League.

O City vai à casa do West Ham nesse sábado, dando início à busca pelo terceiro título consecutivo.

Com outro verão de agenda lotada, alguns jogadores da equipe principal estiveram envolvidos na UEFA Nations League, Copa América e Africa Cup of Nations, o que retardou o seu retorno ao centro de treinamento.

Guardiola afirma que os jogadores modernos são muito dedicados à profissão e movidos pelo desejo de estar no time principal, de uma equipe que faz questão de estar preparada para lhes oferecer o suporte necessário, no retorno das férias.

"Hoje em dia, os jogadores são tão profissionais." Disse ele. "Até nas férias, se cuidam muito bem."

"Eles sabem que a competição não é só em campo, mas também nos vestiários. Eles têm que lutar por uma vaga no time titular."

"Por isso são tão profissionais. Na temporada passada, antes da Community Shield, Nós tivemos somente uma semana de preparação com a maioria dos jogadores e eles competiram pelas vagas. Hoje se pode confiar nos jogadores."

PEP TALK: The boss keeps a close eye on proceedings

O City tentará repetir o começo rápido do ano passado, quando bateram o Arsenal no Emirates, no primeiro dia da temporada.

Foi uma performance ótima e deu o ritmo necessário para a campanha dos Fourmidáveis.

Para um bom começo, Guardiola acredita que é mais importante que seus jogadores tenham uma idéia clara da filosofia do clube, a estarem em sua melhor forma física.

"A maioria dos jogadores tiveram três semanas de férias. Isso é suficiente."

"Na minha época, logo no comecinho de carreira, a preparação era incrivelmente pesada. Eram seis ou sete semanas."

"Descobrimos que os jogadores de agora, podem alcançar o físico de alta-performance passo a passo, não acontece logo de cara, mas acontece rapidamente."

"Acredito quando você treina semanalmente, a condição física vai melhorando."

"Futebol não é apenas condição física. É entender como jogar em campo. Isso sim, faz a diferença."