"Espero jogar para ajudar o City a vencer", afirma o jovem alemão sobre a partida de sábado.

A espera de Leroy Sané está muito perto de acabar, e ela pode ter um final feliz. Um dos nove reforços do Manchester City para a temporada, o jogador de 20 anos pode fazer no jogo contra o Manchester United, no sábado, em Old Trafford, a sua estreia pelos Blues. O debute ainda não aconteceu por conta de um estiramento muscular. 

"Me sinto bem e preparado para jogar. Tenho treinado bem e minha lesão está recuperada, então finalmente posso jogar", declarou o novo camisa 19 do City.

Embora jovem, o meia-atacante de 20 anos está acostumado a grandes partidas desde o tempo em que defendia as cores do Schalke 04 no clássico do Vale do Ruhr contra o Borussia Dortmund, na Alemanha.

"Já joguei clássicos, mas esse fim de semana será ótimo. Estou ansioso especialmente porque Pep Guardiola vai enfrentar José Mourinho. Será uma partida especial, porque já dá para sentir a expectativa dos nossos torcedores em toda a cidade".

"Não consigo acreditar como os clubes são perto um do outro, talvez dez minutos de carro, o que é muito rápido. Na Alemanha eram quase 30 minutos do Schalke para o Dortmund".

DO MESMO LADO: Gundogan e Sané passaram de rivais na Alemanha a companheiros no City.

A ansiedade pelo Derby não fica apenas para as torcidas, admite Sané.

"Todos querem vencer o jogo. Ambos os lados terão medo de perder, mas isso é normal em um clássico, ninguém quer terminar do lado perdedor".

"Vai ser um grande jogo, então espero fazer parte disso e ajudar a minha equipe a trazer os três pontos. Queremos jogar o melhor futebol para conseguir isso".