Um dos destaques do City nesta temporada, atacante garante que chegada de Leroy Sané é benéfica para o progresso de ambos.

Além de Pep Guardiola, Raheem Sterling também concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, no City Football Academy. O assunto do dia foi a estreia na fase de grupos da UEFA Champions League, nesta terça-feira, contra o Borussia Mönchengladbach, no Etihad Stadium, às 19h45 de Manchester e Lisboa e às 15h45 de Brasília. 

Mais do que sobre a importante partida contra os alemães, Sterling comentou sobre a competitividade no elenco com as novas contratações, o aprendizado com Guardiola e outros temas. Veja abaixo os principais trechos da entrevista do camisa 7.

Briga por vaga no time

"Isso melhora a performance de cada jogar quando há quatro ou cinco jogadores para a mesma posição. Você sempre quer estar em campo, não assistindo de fora. Leroy chegou, é um ótimo jogador. Espero poder jogar ao lado dele, mas nós dois temos de trabalhar intensamente para mostrar que merecemos uma chance".

Posicionamento em campo

"Minha posição favorita é pela esquerda, mas fico feliz se jogar em qualquer uma das três vagas no ataque. O técnico chegou e me disse que gostaria de me ver pela direita, o que felizmente tem dado certo".

Aonde o City pode chegar?

"No ano passado tive uma boa experiência nessa competição. Com o técnico e os jogadores que temos, temos de brigar pelo título da Champions League e da Premier League. Estamos melhorando a cada semana. Temos de lutar por todos os títulos que disputamos".

"Desde o primeiro dia o treinador elevou o espírito da equipe. Chegamos perto no ano passado. Temos um ótimo ambiente. Ele (Guardiola) uniu o grupo e isso é muito benéfico para nós - vocês viram esse espírito no último jogo".