Satisfeito com a estreia na fase de grupos da Champions League com goleada, treinador elogia empenho do grupo, Gundogan e Aguero.

Pep Guardiola externou toda a sua satisfação com o elenco depois da goleada por 4 a 0 sobre o Borussia Mönchengladbach nesta quarta-feira, no Estádio Etihad, pela primeira rodada da fase de grupos da Champions League. Confira os principais trechos da entrevista coletiva do treinador após a convincente vitória em casa. 

Goleada sobre o Gladbach

“Hoje foi o jogo mais importante da temporada. Considerando o adversário, nós jogamos muito bem – em um nível muito alto”.

“Conheço o Borussia perfeitamente. O técnico sempre criou problemas para mim quando eu estava no Bayern. Hoje nós dominamos o jogo com agressividade com e sem a bola. Eles tiveram dificuldades em controlar a nossa criação de jogadas por causa da nossa movimentação”.

“Estou muito feliz, porque sabia o quão difícil seria a partida. Se não conseguíssemos pontos em casa contra o Gladbach, os jogos contra Celtic e Barcelona seriam ainda mais difíceis”.

“Com esse espírito e a maneira que jogamos nesses jogos, estou confiante que vou desfrutar esse ano”

Line up

Projeção para a Champions League

“Pelo o que os nossos jogadores têm feito desde o começo – tanto em jogos em casa como fora – eles merecem aplausos de pé. Espero que aconteça o mesmo contra o Barcelona e o Celtic”.

“É um bom momento para aproveitar nosso futebol com a torcida. Esse é o nosso futuro na Champions League”.

“Os torcedores têm de saber que jogamos por eles. É o nosso trabalho. Precisamos deles na Champions League para vencer os melhores times no mundo. Não conseguiremos algo bom na Champions League nos próximos anos sem eles”.

Aguero, o goleador

“Ele foi bem com Manuel, na seleção da Argentina...Só queria convencê-lo que ele tem um talento natural dentro da área para marcar gols”.

“Não posso ensinar isso. Ele precisa saber que o time vai ajudá-lo a marcar muitos gols”.

Estreia de Gundogan

“Ele mostrou o quanto ele é bom. Conversamos hoje e ele disse que se sentia pronto. Ele é muito inteligente, sabe muito bem dosar a intensidade do jogo. Obrigado, Txiki, por tê-lo comprado”.

Desfalque de David Silva

“Não é um problema grande, mas foi suficiente para ele não jogar. Não sei se ele vai jogar contra o Bournemouth, mas espero que esteja pronto para o jogo contra o Swansea”.