quote feed-section sponsor-promos cf show linkedin dugout

Notícias da equipe principal

Vídeo 1 Fotogaleria

Everton no caminho do City mais uma vez

Everton

Everton

O jogo deste sábado promete muitas emoções com os dois times na parte de cima da tabela, além de ter Gareth Barry, jogador adorado pelas duas torcidas.

Quatro pontos separam o líder Manchester City do Everton, quinto colocado, na tabela de classificação. Os adversários deste sábado, no Etihad Stadium, já protagonizaram jogos eletrizantes. Por isso, antes do confronto do fim de semana, repassamos jogos marcantes na história deste duelo.

A última vez

City 0x0 Everton – 13 de janeiro de 2016

Um jogador que recentemente trocou de lado neste embate protagonizou uma polêmica na última vez que o City recebeu os Toffees pela Premier League. 

Embora a partida tenha terminado sem gol, o fim dela foi dramático, e John Stones, até então no Everton, esteve no centro das atenções nos instantes finais. Raheem Sterling foi derrubado pelo zagueiro dentro da área, mas o árbitro Roger East deixou de marcar pênalti para os mandantes.

Então no comando da equipe, Manuel Pellegrini sentenciou: "Todo o estádio pôde ver que foi pênalti. Foi tão claro, tão perto do árbitro...As duas pernas do Raheem foram tocadas numa falta clara do Stones"

Um jogo para ser lembrado

City 3x1 Everton – 27 de janeiro de 2016

O City não precisou esperar muito tempo para acabar com a frustração por ter perdido pontos contra o Everton na Premier League. Em apenas duas semanas, os times voltaram a se enfrentar em Manchester, desta vez pelo jogo de volta da semifinal da Copa da Liga.

Na primeira partida, em Liverpool, os Toffees abriram vantagem com 2 a 1 no placar do Goodison Park. No segundo embate, Ross Barkley aumentou a superioridade ao abrir o marcador aos 18 minutos.

Coube a Fernandinho empatar o duelo seis minutos depois para frear a empolgação da equipe então liderada por Roberto Martínez. O City mostrou ainda mais a sua força na etapa complementar, quando Kevin De Bruyne saiu do banco para fazer o seu e ainda servir um belo cruzamento para Aguero.

Antes do fim no entanto, o meia-atacante belga sofreu lesão no joelho que o deixou fora de boa parte do restante da temporada. Uma grande vitória, mas a um custo alto. 

Uma partida para esquecer

City 0x1 Everton – 13 de dezembro de 2008

A derrota veio com um doloroso gol de Tim Cahill nos acréscimos da partida. A tradicional comemoração do agora meia do Melbourne City imitando um boxeador na bandeirinha de escanteio ficou na memória de diversos torcedores por anos. E não foi por um bom motivo...

Um jogo para ser adorado pelos dois lados

Gareth Barry

Se dois torcedores, um do City e outro do Everton, convivem por mais de dois minutos, o brilhante Gareth Barry vira assunto. Um raro caso de jogador admirado apenas por torcedores do time pelo qual ele atua, Barrry foge do perfil de jogador midiático.

Aos 36 anos, o ex-jogador da seleção inglesa se juntou recentemente ao seleto grupo de atletas com 600 partidas pela Premier League. Apenas Ryan Giggs e Frank Lampard alcançaram esta marca anteriormente.

Ostentando 16 anos de carreira profissional, Barry pode esperar uma calorosa recepção na tarde do próximo sábado no Etihad, onde ele se sagrou campeão da Premier League em 2011/12 e da FA Cup na temporada anterior.

Notícias da equipe principal

Jogadores do City ao serviço das seleções: Fotogaleria

Notícias da equipe principal

Gabriel Jesus e Fernandinho começam parceria com gol pela seleção

Notícias da equipe principal

City é seleção: saiba onde os convocados jogarão nas Eliminatórias