quote feed-section sponsor-promos cf show linkedin dugout

Notícias da equipe principal

Vídeo 1 Fotogaleria

Guardiola: "Confiança será vital no Camp Nou"

Presser

Presser

O técnico catalão está de regresso ao Camp Nou para um grande jogo contra o Barcelona e falou à imprensa sobre este encontro.

O técnico catalão admitiu que o seu ex-clube “é a melhor equipe”, mas não irá mudar os a sua filosofia de jogo.

Guardiola: “Eu quero defender bem e atacar bem, mas mudar as nossas crenças e o que acreditamos em futebol, isso será impossível.”

“Os jogadores não iriam acreditar em mim (se o fizessemos). É claro que podemos ajustar algumas coisas pois trata-se de uma equipe especial, pela forma como jogam, pela sua construção, pressão e como controlam em todas as áreas. Por isso temos de nos ajustar e procurar sermos nós próprios, o máximo possível.”

O City ocupa a segunda posição do Grupo C com quatro pontos, menos dois face ao Barcelona.

O Barça sem nenhum dos seus jogadores lesionados, terá Lionel Messi no centro da ação, enquanto que do lado do City, Bacary Sagna e Fabian Delph são ausências confirmadas.

“Eu passei algum tempo aqui, este estádio é parte da minha vida, eu cresci aqui. É sempre especial quando vejo pessoas conhecidas.”

“Será um bom teste para nós, jogar contra a melhor equipe.”

Questionado sobre a vitória do City frente ao Barcelona, enquanto Pellegrini comandava a equipe, Pep Guardiola acrescentou: “Eu estava aqui há dois/três anos atrás. Ele foi o primeiro treinador capaz de levar esta equipe às semifinais por isso ele merece crédito, pois ajudou quem vem depois.”

“O City não se manteve muito tempo na competição europeia, esse é o nosso objetivo para os próximos anos, permanecer nesta competição.”

“Eu sei o que eles vão fazer amanhã, o que nós vamos tentar fazer e procurar fazer o melhor.” 


Notícias da equipe principal

De olho nos emprestados: Ünal vive fase goleadora

Notícias da equipe principal

Guardiola: 'Merecíamos a vitória'

Notícias da equipe principal

Guardiola pode ter a volta de De Bruyne contra o Everton