Os vinte clubes que formam a Premier League nos unimos para lutar contra a discriminação no nosso esporte

A Premier League quer deixar claro que não há lugar para racismo no futebol e continuará trabalhando com os clubes, torcedores, a FA, a EFL e a PFA (Associação de Jogadores Profissionais) para eliminar a discriminação racial no nosso esporte.

A campanha será realizada nas rodadas do fim de semana de 19 e 20 de outubro e 27 e 28 do mesmo mês, enfatizando que o racismo é uma conduta não tolerada em nossos estádios.

O futebol trabalha pelas redes sociais e meios de comunicação para dar visibilidade à campanha através de todas as plataformas.

"Nossos seguidores sabem que não há lugar para o racismo no futebol e na nossa sociedade. Mas a discriminação continua por parte de uma minoria", comenta Richard Masters, Chefe Interino Executivo da Premier League.

"Não vamos tolerar nenhum timo de racismo e convocamos a todos que testemunhem qualquer ato discriminatório a denunciá-lo. Eliminar a discriminação é uma prioridade e vamos seguir trabalhando duramente neste sentido durante toda a temporada."

A educação é parte fundamental e através dos programas da comunidades, milhares de crianças e jovens são educados através da importância de valores como a igualdade e a inclusão.

"A Premier League quer estreitar os laços entre torcedores e jogadores de todos os lugares através de partidos que sejam vistos ao redor do mundo".

"Estamos abertos a todo o mundo e a todos que forem torcedores, que tragam sua paixão, emoção e rivaiidade para criar um ambiente positivo em cada partida. Queremos deixar claro que não há espaço para o racismo em nosso futebol. NÃO HÁ ESPAÇO PARA RACISMO."