John Stones expressou a fome, o entusiasmo e a determinação do City em se recuperar após a derrota por 1 a 0 na Premier League contra o Aston Villa.

O gol desviado de Leon Bailey no segundo tempo garantiu os três pontos para os anfitriões em Villa Park.

A equipe de Pep Guardiola, que não vence há quatro jogos no campeonato, está em quarto lugar na tabela, a seis pontos do líder Arsenal.

Mas Stones declarou a intenção do time de acertar as coisas nas próximas partidas, começando no domingo contra o Luton Town.

“Temos que usar a mágoa e a dor que está dentro de nós, em nossos estômagos, em nossos cérebros, onde quer que estejam, como motivação e combustível para consertar as coisas. Acho que todos têm esse desejo”, disse ele.

“Estivemos nestas posições nas temporadas anteriores. Não acho que nós ou todos deveríamos estar entusiasmados com o que vai acontecer.”

“Acho que temos que manter a calma como equipe, o que faremos amanhã, depois de analisarmos e nos acalmarmos emocionalmente.”

“Ganhamos e perdemos juntos. Acho que todos poderíamos ter feito melhor esta noite. Acredito em nós como indivíduos e como equipe. Temos uma grande oportunidade com um jogo que acontecerá tão cedo no fim de semana para consertar as coisas e para voltar às vitórias.”

“Precisamos não esquecer esse sentimento, mas também não insistir nele. Temos que usar essa dor depois de todo o sucesso que tivemos, acho que pode funcionar a nosso favor e nos tornar ainda melhores como equipe”.

O inglês também reservou alguns elogios à equipe de Unai Emery após o jogo e abordou a necessidade de ser autocrítico após a derrota.

Assista a entrevista completa através do vídeo no topo da página (em inglês).